Polícia Militar encontra peças de motos em campo ao lado do ginásio Meninão em Campina Grande/PB

0
Por volta das 11:20hs da manhã desta segunda-feira, 01 de setembro, um policial militar esteve realizando buscas em um campo de futebol com um popular quando encontrou um quadro, chassi de uma motocicleta por trás de uma das traves do campo. Após realizar algumas ligações voltou a colocar o quadro atrás da trave e aguardou o reforço policial que foi até o local e pegou  o chassi para apresentar a autoridade competente.
O local já é bem conhecido por ser uma biqueira, local onde há consumo de drogas a céu aberto, pelo jeito agora está se tornando local para desova de peças de motos roubadas.

Circula no facebook que candidato estaria prometendo o fim das apreensões de motos. Verdadeiro ou Falso?

0
Circula na rede social Facebook que candidato estaria prometendo o fim das apreensões de motos. Ainda não foi confirmado qual o candidato e nem o estado do fato. Mas a foto está circulando pelos faces de pessoas da Paraíba. Também não informaram aonde teria ocorrido o comício e nenhuma outra foto, somente a foto ao lado com um painel supostamente luminoso com sinais de ser falso. Mas até o fechamento dessa matéria já havia sido compartilhado mais de 110 vezes.

Agora cabe a justiça ou os partidos levarem a público se o fato é verdadeiro ou apenas mais uma informação falsa na briga por votos, já que se esse fato for verdadeiro vai de encontro com a lei na busca por votos de pessoas que andam a margem da lei com veículos irregulares.
fonte: Facebook

Menos um. Delegado reage a assalto e mata um bandido, o comparsa fugiu em uma Tucson em João Pessoa/PB

0


 O delegado da Polícia Civil, Diego Garcia, toi baleado na perna, na noite deste domingo (31), após trocar tiros com um assaltante, na avenida Fernando Luis Henrique, localizada no bairro do Bessa, em João Pessoa (PB).
Segundo informações, o delegado jogava sinuca em um bar da avenida com amigos, por volta das 20h30, quando o bandido chegou e anunciou o assalto. Diego reagiu e conseguiu acerta o assaltante, que morreu no local. O delegado foi baleado na perna e levado por uma unidade do Samu para o Hospital da Unimed, mas passa bem.
O assaltante teria chegado ao bar: Companhia do Sabor com um comparsa, que ainda não foi identificado pela polícia. Ele teria ficado em ponto da avenida para ajudá-lo na fuga. Os presentes informaram que o bandido sobrevivente fugiu em um veículo Hyundai Tucson de cor preta e que estaria trajando camisa verde.

www.setimaregional.com.br

Se a moda pegar. Ex-presidiário é executado em Solânea/PB

1
IMG-20140830-WA0010-300x296Um ex-presidiário foi assassinado com vários tiros no final da tarde desse sábado (3), na cidade de Solânea-PB. O crime aconteceu nas imediações do mercado público da cidade.
Segundo a Polícia, Orlando Santos Dantas, 20 anos, estava sentando na calçada volta das 15:40h, quando dois homens armados, chegaram em uma motocicleta Honda Bros, vermelha, se aproximaram da vítima e efetuaram vários disparos de pistola 380.
Naldinho, estava embriagado e não esboçou reação, ele foi atingido com cinco tiros no tórax.
Ainda segundo a polícia, o crime foi motivado por acerto de contas, já que a vitima tinha várias passagens pela polícia por tráfico de drogas
Portal mídia 

Figurinha carimbada: Polícia Civil prende estelionatário reincidente

0
A Polícia Civil, representada pela Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande (DRF/CG), prendeu por cumprimento de mandado de prisão preventiva a pessoa de JOÃO PAULO CANUTO ALVES, com 31 anos de idade, no bairro do Catolé, na cidade de Campina Grande/PB, no posto de gasolina Dallas.
O mandado de prisão em seu desfavor é oriundo de crimes de falsificação de empréstimos ao INSS, falsificação de Carteiras de Identidade e adulteração de chassi de veículos automotores. A pessoa de JOÃO PAULO CANUTO ALVES já foi alvo de inúmeras operações da Polícia Civil. Uma delas na cidade de Patos, Sertão Paraibano, denominada “Operação Caça Fantasma”, em 20/03/2010, e recentemente foi alvo de uma Operação Policial, deflagrada pela Delegacia de Defraudações de Campina Grande/PB. 
O meliante foi encaminhado para o Presídio do Serrotão e se encontra à disposição da Justiça.

fonte: DRF/CG

Divulgado imagens do segundo assalto a agência Pague Fácil de Remígio. São os mesmos assaltantes da primeira vez.

0



Divulgado na manhã desta quarta-feira, 28 de agosto as imagens do assalto ocorrido por volta das 13:45 do último dia 21 de Agosto.
Os bandidos seguiram o mesmo Modus Operandi da primeira vez, sendo que agora tiveram a ousadia de esperar a sua vez na fila para ser atendido e observava o movimento dos usuários. Após anunciar o assalto e subtrair todo o dinheiro o assaltante 1 sai em em passo rápido e o comparsa o pega com a mesma moto do primeiro assalto 20 metros a frente e foge no mesmo sentido da primeira vez.

Como no primeiro assalto os bandidos agiram em horário em que o contingente policial da cidade está recolhido realizando suas refeições, como em todas as cidades as policias não estão nas ruas entre 12:00hs e 14:00hs.
Outro ponto que conta a favor dos bandidos é a não fiscalização em cima dos veículos com emplacamento atrasado, já que algumas guarnições tem seus trabalhos desfeitos quando tentam fiscalizar estes veículos.
A não verificação dos transeuntes com blitz na região. Vindo a ser feito com grande contingente policial e com isso os bandidos não agem nestes dias.
A falta de colaboração de populares com informações na elucidação de crimes desse tipo, devido a falta de confiança na justiça que logo coloca bandidos presos em flagrantes por roubo e/ou furto em liberdade, em menos de 48 horas.

Quem tiver alguma informação que possa levar a prisão estes bandidos, ligar para 197- Disque Denúncia anônimo da polícia Civil.

Veja o vídeo da ação dos bandidos.


IRMÃS SÃO ACHADAS ABRAÇADAS APÓS SEREM ESTUPRADAS E MORTAS A TIROS

0

As irmãs Jéssica Oliveira de Souza, de 23 anos, e Ariane Oliveira de Souza, de 18 anos, foram encontradas mortas a tiros na comunidade Gogó da Ema, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Os corpos estavam abraçados e com sinais de violência sexual.
A cabeleireira e a estudante foram a uma boate em Nova Iguaçu, também na Baixada Fluminense. Na saída, foram vistas com três homens desconhecidos. No caminho para a boate, que fica na avenida Presidente Dutra, elas chegaram a ser assaltadas. Mas, mesmo sem os telefones celular, decidiram manter os planos de ir à casa noturna. A comunidade Gogó da Ema, onde as garotas foram encontradas mortas, é dominada por traficantes de drogas. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense pediu à boate as imagens das câmeras de circuito interno para tentar identificar os homens que estavam com as garotas.
A mãe das meninas, que preferiu não se identificar, quer que os assassinos sejam identificados e presos. — Eu só quero justiça. Elas deixaram a boate em um carro com três homens desconhecidos, segundo testemunhas. Após deixarem a casa noturna, as meninas desapareceram e foram encontradas mortas a tiros na comunidade da Baixada Fluminense.
Dia do fato: 26 de agosto- Terça-feira

Casal de bandidos é procurado após publicarem fotos com armas no RN

0
renatha
Policiais militares estão procurando esse casalzinho aí. Olha que coisa mais linda. Ela segurando uma 12, ele, uma pistola.
A foto está sendo repassada entre os grupos de policiais pelo WhatsApp. Eles estão sendo acusados de tomar um carro de assalto neste domingo (24), em Nova Descoberta.
Não sabendo eles que o carro é de um primo de um PM. Se eu fosse eles, devolvia. rssrsr
fonte: http://blogs.portalnoar.com/jacsondamasceno/ 25 de agosto

É pra rir ou pra chorar? Bandidos assaltam até o ônibus da Polícia Militar no RN

0
Patrulha da Cidade mostrou ônibus ao vivo e entrevistou soldado assaltado
Patrulha da Cidade mostrou ônibus ao vivo e entrevistou soldado assaltado
Tudo bem que os vagabundos de Natal estão assaltando tudo que é ônibus. Mas desta vez se superaram. Alcançaram o nível hard x-treme  de ousadia. Bateram todos os recordes. Deram um fatality na nossa dignidade.
Por volta do meio-dia de hoje dois marginais assaltaram o ônibus da Polícia Militar e o soldado fardado que conduzia o veículo.
Sério. Eu vou morar uma plataforma da Petrobrás.
Pra acabar de lascar tudo, o ônibus estava estacionado em frente à 4ª Delegacia de Polícia, na subida de Mãe Luíza, perto da Via Costeira. O soldado estava acompanhando um evento da polícia para crianças em uma escola municipal. Quando ele saía do ginásio para entrar no ônibus, foi abordado por dois marginais. Um deles escalou a pistola e disse que ia matar o soldado e levou dele a pistola e três pentes cheios de balas.
Coitado deste policial. Fardado, humilhado por vagabundos malditos. Vítima de um estado negligente, que transformou duas polícias em poços de fragilidade. Os policiais hoje trabalham com armamento acabado, coletes vencidos, e em número reduzido. E quando um deseja trabalhar, o faz com medo. Não se pode pegar um desgraçado desses pelo braço.
O Patrulha da Cidade noticiou tudo em primeira mão e mostrou inúmeras viaturas da PM subindo o morro de Mãe Luíza. Questão de honra para os PMs capturar os criminosos e recuperar a arma.
fonte: http://blogs.portalnoar.com/jacsondamasceno/ 26 de agosto

Polícia Militar é recebida a bala em Barra de Santa Rosa/PB e descobre boca de fumo.

0


Uma “boca de fumo” foi estourada por policiais militares lotados no 4º Pelotão de Polícia Militar, na manhã desta segunda-feira, 25, no município de Barra de Santa Rosa-PB. Quando em rondas pela cidade, a guarnição composta pelos militares Soldados Souza Júnior e Freire foi recebida “à bala” quando se deslocava por uma das ruas do município.

Aproximadamente três estampidos de arma de fogo foram ouvidos pelos policiais, enquanto outros elementos conseguiram se evadir da residência. Ao adentrarem ao local, a guarnição encontrou duas cápsulas de cocaína, 24 pedras de crack, além de sete papelotes de maconha e quatro munições calibre .380, sendo três delas deflagradas.

No andar de cima da residência os policiais prenderam o acusado José Erinaldo Cabral de Souza, 23 anos, que se encontrava de posse do material apreendido. O mesmo foi conduzido à presença da autoridade policial competente no município de Cuité. Para o Comandante do 9º Batalhão de Polícia Militar, disse "Colocaremos atrás das grades os demais elementos que também fazem parte da quadrilha. A guarnição não se intimidou mesmo ao ser recebida com disparos de arma de fogo”, frisou.

Quem tiver novas informações ligar para 197- Disque denúncia da Polícia Civil.

DRF/CG prende homem que furtava e ainda se passava por Policial Civil

0
A Polícia Civil, representada pela Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande (DRF/CG), prendeu em flagrante delito a pessoa de Ilmarte de Araújo Medeiros Souto, com 22 anos de idade, no bairro das Malvinas, na cidade de Campina Grande/PB.
A ação foi realizada no final da manhã de hoje (25/08/14), quando Policiais Civis, desta Especializada, identificaram o meliante através de informantes. O autuado, na semana passada, encontrava-se no Shopping Edson Diniz e interpelou a vítima, indagando que seria Policial Civil e trabalhava na Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande/PB, inclusive afirmava que teria participado de várias operações policiais. 
A vítima estava na localidade com o intuito de vender um aparelho celular com nota fiscal e o investigado demonstrou interesse em adquiri-lo e num descuido, furtou o aparelho. Dessa forma, a vítima esteve na Central de Polícia e formalizou a queixa e imediatamente foi constatado que o investigado não fazia parte dos quadros da Polícia Civil e se tratava de um golpe. 
Policiais Civis, desta Especializada, empreenderam diligencias e identificou o acusado, prendendo-o em flagrante delito e em poder do aparelho. O investigado confessou o furto e afirmou que identificou por Policial Civil, inclusive da DRF/CG, para angariar a confiança da vítima. 
Dessa forma, o conduzido foi autuado em flagrante delito por furto qualificado (Art.155, §4º, II) e por falsa identidade (Art.307), ambos do Código Penal Brasileiro.

Direito de Resposta: Delegado nega extorsão contra casal.

0
 
O delegado Júlio Ferreira de Lima negou, em entrevista que concedeu a Patrulha da Cidade/TV Borborema, nesta segunda-feira (25/08) que tenha tentado extorquir um casal de comerciantes em Campina Grande.
O policial, visivelmente abatido, que fez questão de conceder entrevista, afirmou que recebeu a ligação de um homem solicitando que ele fosse até a Rua Teixeira de Freitas, no Bairro São José, em Campina Grande, para receber um dinheiro e entregá-lo ao filho (do delegado).
Júlio Ferreira contou que estava de plantão na Central e se dirigiu para as Malvinas quando recebeu o telefonema.

“Quando eu cheguei ao local, que o homem combinou, desci do carro e fui receber o dinheiro. Neste momento o delegado Marcos Paulo Vilela chegou e foi detido”.

Júlio Ferreira disse que o filho é despachante do Detran e o dinheiro, que ele não soube informar a quantia, era referente a algum serviço prestado pelo filho.

“Espero que tudo seja esclarecido, pois eu e meu filho fomos vítimas de uma armação. Tenho 26 anos de polícia civil”.

O delegado Marcos Paulo Vilela, por sua vez, afirmou que foi procurado pelo casal, duas semanas antes.

O casal informou a Vilela que estava tendo um problema com a negociação de um veículo e o delegado teria feito ameaças.

Júlio Ferreira foi detido sábado (23) e está recolhido no 2ºBPM.
Nesta segunda-feira (25), o filho dele, em contato com o renatodiniz.com, disse que tanto ele, quanto o pai estão sendo vítimas de uma armação e tudo será esclarecido.

O advogado Afonso Villar, que defende o delegado Júlio Ferreira, disse que está entrando com um pedido de fiança e garantiu que o dinheiro pertence ao filho do policial.


Na manhã desta terça-feira (26), ele concedeu entrevista na Patrulha da Cidade/TV Borborema/SBT/Canal 9 sobre o caso.
O programa foi ao ar às 11h35.
fonte: RenatoDiniz.com

Veja trecho da entrevista ao JPB

Filho de Delegado é indiciado e Polícia Civil solicitou a Preventiva do mesmo em Campina Grande/PB

0
Segundo as investigações da Polícia Civil de Campina Grande, o delegado ao perceber pendências administrativas do proprietário do veículo junto ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran) ameaçou apreender o automóvel. “Mesmo com essas restrições que a documentação do veículo apresentava não tinha nada a ver com a criminal e ainda que tivesse nenhum policial tem direito de extorquir dinheiro dos cidadãos. A maioria dos policiais é honesta e realiza um trabalho comprometido com a sociedade”, disse.
O superintendente da Polícia Civil de Campina Grande, Marcos Paulo Vilela explicou que a extorsão vinha ocorrendo desde o sábado (16). Segundo ele, o delegado e o filho interceptaram um veículo dirigido por um funcionário dos empresários extorquidos. “Eles pediram inicialmente o pagamento de R$ 10 mil e o comerciante ficou com medo do empregado dele fosse preso, então, o delegado o acompanhou até uma agência da Caixa Econômico, onde foi feito um saque de mil reais e achou que o problema tinha dado por terminado. Mas durante a semana ele voltou a procurar os comerciantes exigindo mais dinheiro, o que ocasionou no flagrante que fizemos”, frisou.
A Polícia Civil solicitou também a prisão preventiva do filho do delegado, apontado como cúmplice nas extorsões. “O filho se fingia de policial civil. Era coautor das extorsões que o pai fazia. Nós já pedimos a preventiva dele também. E acreditamos que com essa divulgação outras pessoas que foram lesadas procurem a polícia para relatar extorsões praticadas pela dupla”, disse.
O delegado foi preso em flagrante ao receber os R$ 1.400 presos em borrachas. Ao inquérito serão inseridas como provas as fotos do flagrante, uma cópia do comprovante do saque realizado no dia 16 de agosto e a apreensão do documento original do veículo que estava de posse do delegado. Os comerciantes vítimas da extorsão haviam recebido o veículo como transação de crédito com outro empresário e, segundo Marcos Paulo, ficaram apenas com uma cópia do documento do veículo. Os dois serão processados por extorsão com base no artigo 316 do Código Penal e a punição varia de dois a oito anos de reclusão.
fonte: G1PB
Disque Denuncia -197 caso você tenha sido lesado por esta dupla.

Delegado é preso durante plantão por extorquir família de comerciantes em Campina Grande/PB

0
O delegado Júlio Ferreira de Lima Filho, conhecido como Júlio Panda, foi preso em flagrante pela Polícia Civil de Campina Grande, por extorsão a uma família de comerciantes da cidade. A prisão aconteceu quando o delegado estava de plantão. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de concussão, que acontece quando um funcionário público exige, para si ou para outra pessoa, direta ou indiretamente, vantagem indevida em razão da função que exerce.

Júlio Panda, segundo o delegado Marcos Paulo Vilela, superintendente da 2ª Região Integrada de Segurança Pública, recebeu voz de prisão exatamente no momento em que saía do veículo dos dois empresários com a quantia de R$ 1.400, em espécie.
Ele estava de plantão na Central de Polícia e utilizou a viatura policial para chegar à Rua Teixeira de Freitas, bairro de São José, onde encontrou o casal para pegar o dinheiro. O valor exigido foi de R$ 10 mil; ele já tinha recebido mil, e esse outro dinheiro apreendido era apenas mais uma parte do montante exigido para que, supostamente, fossem sanadas restrições referentes a veículos com pendências na Circunscrição Regional de Trânsito - Ciretran”, explicou.
A investigação sobre o caso começou depois de denúncias feitas à Delegacia Seccional de Polícia Civil em Queimadas, as quais foram repassadas à Superintendência. Outra pessoa ligada ao delegado também está sendo investigada. “O nosso trabalho continua e vamos pedir a prisão desse envolvido. Também estão sendo investigadas denúncias de outros tipos de crimes que possivelmente podem ter sido praticados pelo delegado preso e essa pessoa já identificada”, acrescentou Vilela.
Segundo Cláudio Lima, o acusado trabalha na Polícia Civil há mais de 25 anos e tem um histórico de crimes contra ele sendo investigados. Ele está preso no 2º Batalhão de Polícia Militar da Paraíba, em Campina Grande. Ele era lotado na 5ª Delegacia Distrital do município e já foi substituído.
via PortalCorreio 
No mês de Junho policiais Civis de Remígio apreenderam um carro que estava sendo utilizado pelos filhos do Delegado.

Polícia Civil de Remígio recupera carro roubado em Pernambuco que estava transitando pela cidade.


Nos últimos dias cidadãos utilizaram o aplicativo Sinesp Cidadão e verificaram que um carro estava com restrição de Furto/Roubo e comunicaram a polícia Civil da cidade dizendo para ter cuidado pois o carro era de familiares de policial. Após receber a denuncia e realizado a verificação da denuncia a polícia Civil de Remígio sob o comando do mais recente Delegado Erisandro Pinto, apreendeu o veículo no momento exato que o mesmo passava em frente a delegacia.
Ao abordar o condutor do veículo constatou que o mesmo era furtado e nem precisou de muito tempo para saber que era de parente de policial já que o telefone logo em seguida não parou de tocar na delegacia.
A autoridade tomou a termo as declarações docondutor do veículo que informou que não sabia que era furtado, já que um parente seu havia pego o carro em uma dívida.
Os próximos passos da investigação é saber 
com o proprietário do veículo se o mesmo foi furtado mesmo ou se ele prestou queixa de roubo, utilizando de má fé, caso seja provado o proprietário responderá por denunciação caluniosa. Caso seja furtado, o condutor poderá responder por Receptação de veículo roubado. Mais detalhes ao final das investigações.
Outro fato que chamou atenção é que dentro do veículo continha uma sirene utilizada apenas por policiais, já que era de cor vermelha, como explicita o CTB(Código de Trânsito Brasileiro).


Na época o filho do Delegado assumiu que era proprietário do veículo.

Bom dia caros leitores, sou Julio Wolhfagon Lucena de Lima, na verdade esse veiculo é de minha propriedade ha 3 anos, esse veiculo não é roubado fizeram uma queixa de Furto/Roubo de má fé, como irei provar, tenho Recibo de Compra e Venda, Livreto, Carne de Pagamento, Copia de Chaves, tenho tudo, agora mesmo estou me dirigindo a Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos de Recife-PE, para retirar a tal restrição, entendo o serviço da policia local, mas o carro é meu, não tem nada haver com qualquer policial que fique bem claro, até mesmo porque não somos família de policiais, e sim tenho meu pai policial viu Agente Frank Basilio, o veiculo é meu, e ja estou com representação por danos contra a pessoa que fez a queixa caluniosa, pra se ter ideia essa queixa foi feita numa Delegacia do Interior sem nenhum documento provando a propriedade do veiculo, trabalho na área do Detran e sempre vi pessoas sendo vitimas desse mesmo problema.

att;

Julio Wolhfagon Lucena de Lima

Ex-detento de Picuí é encontrado esquartejado em São Sebastião de Roça/PB

0
Chegou ao fim a vida de crimes de José Wermeson da Silva, mas conhecido por Miquelangelo, com 22 anos, filho natural de Picuí/PB.

Nas primeiras horas deste sábado, 23 de agosto de 2014, foi encontrado o corpo de Miquelangelo esquartejado em uma caixa de verdura na zona rural de São Sebastião de Lagoa de Roça, mas precisamente no sítio Camucá.
Ainda não se sabe ao certo os motivos da morte e quem tenha praticado, mas que Miquelangelo no passado respondeu por crimes na cidade de Picuí.
A equipe de homicídios da 12ªAISP- Esperança que tem a frente o Delegado Cláudio Marques investigarão mais esse crime brutal ocorrido na região.

Miquelangelo é o segundo morto na região com requintes de crueldade, o primeiro foi o Índio de Remígio. Reveja o caso.


Reveja a prisão de Miquelangelo ocorrido em 2011.

Miquelangelo é acusado de Tentativa de Homicídio e roubo de motos na região do Curimataú Paraibano.
Foi dado cumprimento ao mandado de prisão de JOSÉ WEMERSON DA SILVA, mas conhecido por MIQUELANGELO.
O mesmo é acusado de tentativa de homicídio contra o popular ronaldo e por ter roubado motos na região de Nova Palmeira/PB.
Ao saber que a polícia de Picuí estava a sua procura desde o fato o mesmo evadiu-se da cidade. Após policiais da 7ªDRPC trocarem informações com policiais de outras delegacias da região conseguiram obter informações de que um desconhecido jovem   estava abordando populares na cidade de Remígio mostrando uma cicatriz na barriga e que possuía várias tatuagens, pedindo “ajuda” em dinheiro. Após o conhecimento dessa informação  uma equipe foi  enviada para a cidade e após alguns dias observando o movimento da cidade identificaram MIQUELANGELO, próximo a Loja Alumínio Planeta abordando uma pessoa pedindo dinheiro para ajudá-lo dizendo que era doente e mostrando a cicatriz que o mesmo tinha na barriga.
Os policiais seguiram MIQUELANGELO na intenção de saber se o mesmo estava armado, após verificar que ele não demonstrava perigo para os transeuntes deram voz de prisão, o qual não reagiu.
Após a prisão recambiaram MIQUELANGELO para a Delegacia Regional de Picuí e o encaminharam para a cadeia pública onde aguardará julgamento.
Vale salientar que fazia poucos meses que estava em liberdade por outro crime cometido na comarca de Picuí/PB.

DRF/CG prende casal envolvido em vários assaltos em Campina Grande/PB

0






A Polícia Civil de Campina Grande/PB, através da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande/PB, prendeu no final da tarde de hoje (21/08/2014) um casal diretamente envolvido em vários assaltos a estabelecimentos comerciais e que estava sendo investigado há dois meses.
Os presos em flagrante delito são ALAN DE SOUZA BARBOSA, com 19 anos, e LARISSA STEFFANI SALVIANO DA SILVA, com 18 anos, residentes na Rua Santarém, no bairro do Mutirão. Os Policiais Civis, desta Especializada, já tinham identificado o casal, inclusive os referidos eram conhecidos por assaltos aos comerciantes, tais como mercadinhos, postos de combustíveis e empresas. A autuada também participava ativamente nas ações criminosas. 
Ainda ontem esta Delegacia tomou conhecimento do exato local em que os investigados se encontravam e resolveram visitá-los, pois os referidos tinham sido reconhecidos em um assalto na semana passada e havia possibilidade de se encontrar armas, objetos roubados e drogas. Dessa forma, uma equipe, desta especializada, deslocou-se para a residência dos investigados e se depararam com vários objetos roubados, uma arma de brinquedo e com 250 (duzentos e cinquenta) gramas de maconha. 
Na Delegacia, durante a confecção do procedimento policial, o casal foi reconhecido por vítimas e confessaram diversos assaltos realizados, inclusive que a droga apreendida seria comercializada por eles. 
As fotos disponibilizadas por esta Especializada servirão para que outras vítimas reconheçam os autuados, tendo em vista que o referido casal seria contumaz em assaltos. 
Os presos estão sendo autuados em flagrante delito pelo crime de tráfico de drogas (Art.33, da Lei nº11.343/2006) e roubo qualificado (art.157, §2º, I e II, do Código Penal Brasileiro).