Polícia Civil prende acusado de estuprarem duas mulheres e matar uma no Pernambuco.Vítimas residiam em João Pessoa/PB

0
Os dois homens acusados de sequestrar duas mulheres em João Pessoa e estuprá-las num canavial em Goiânia/PE foram presos e apresentados na tarde desta terça-feira (30/06) durante coletiva na capital do estado.
Uma das mulheres, de 42 anos, foi assassinada.
A outra, de 31, sobreviveu.
Leonardo José foi preso no sábado (27) na capital e Ivar Pedro da Silva, foi capturado nesta terça-feira em Igarassu, no grande Recife.
As prisões foram realizadas por policiais civis paraibanos.
As mulheres foram sequestradas no dia 20, no Bairro “dos Bancários”, estupradas e encontradas em um canavial no dia seguinte.
O filho de uma delas, de nove meses, que também estava no carro, foi encontrado num matagal próximo a elas.
O delegado Marcos Paulo Villela disse que as vítimas foram escolhidas aleatoriamente.
Um dos presos, Ivar Pedro da Silva, tentou “se matar” cortando os pulsos, mas as lesões não foram graves.
“Ele esfregou os pulsos na quina de cimento da cela”.
O delegado Cláudio Lima, secretário de estado de segurança defesa social afirmou que ele tem passagens pela polícia por vários crimes (porte ilegal de arma, roubo e tentativa de homicídio).


Policial Federal é preso por embriaguez e desacato no Sertão paraibano.

0

Um agente da Polícia Federal foi preso nessa segunda-feira (29) na cidade de Cachoeira dos Índios por embriaguez ao volante e desacato a autoridade.
De acordo com o escrivão William Brito, o agente foi abordado pela Polícia Militar quando conduzia um veículo e através de um teste de bafômetro foi constatado crime de embriaguez.
Ao ser levado para a delegacia local, o agente desacatou a delegada de plantão, Ana Valdenice com palavras de baixo calão.
No carro do agente foram encontrados: uma pistola de nove milímetros com três carregadores e 45 munições, além de uma espingarda calibre 12 e 12 munições. Foram encontradas também 32 latas de cerveja, um litro de whisky, um colete a prova de balas e uma jaqueta da Polícia Federal.
O agente da PF foi conduzido para uma carceragem e vai ser mantido preso.

Hackers atacaram o facebook nesta quinta-feira e colocaram mensagens contra o PT.

0

Hackers ainda não identificados implantaram mensagens no Facebook na noite desta quinta-feira, 25 de junho, pelo menos em faces do Brasil. Até o momento os responsáveis por manter a integridade da rede social não fizeram nada para combater ou perceberam a pequena invasão que implantou mensagens do tipo "Fora PT" e "Intervenção Militar".
A cada momento as mensagens são modificadas.

Casal é esquartejado dentro de casa em Guarabira/PB.

0
Polícia suspeita de que casal tenha sido morto em outro lugar e depois os assassinos levaram os corpos para a residência (Foto: Volney Andrade/TV Cabo Branco)Polícia suspeita de que casal tenha sido morto em outro lugar e depois os assassinos levaram os corpos para a residência (Foto: Volney Andrade/TV Cabo Branco)
Um casal foi encontrado esquartejado dentro de uma casa na manhã desta terça-feira (23), em Guarabira, no Agreste paraibano. De acordo com o delegado seccional da 8ª Delegacia Seccional da Polícia Civil, Wallber Virgolino, os criminosos espalharam partes dos corpos pelos cômodos da residência.

Segundo o delegado, moradores do conjunto Lucas Porpino encontraram os corpos por volta das 5h e acionaram a polícia. Ao chegarem no local, os agentes encontraram os corpos com braços, pernas e cabeças cortadas e espalhadas. Wallber explica ainda que pelo estado dos corpos, a suspeita é de que o casal tenha sido morto em outro local e só então que os assassinos levaram os corpos para a residência.
Ainda de acordo com Wallber Virgolino, os moradores do local explicaram que o casal não teria ligação com tráfico de drogas ou outros crimes, mas que já havia se envolvido em brigas por conta de bebidas alcoólicas. Até as 8h, a polícia estava no local para tentar identificar possíveis suspeitos. Uma investigação será feita para identificar os motivos do duplo homicídio.

Homens sequestram mulheres e bebê em JP, as estupram e matam uma delas atropelada em PE

0
Duas mulheres e o bebê de uma delas foram sequestrados na noite desse sábado (20) no bairro dos Bancários, Zona Sul de João Pessoa, por homens que ainda não haviam sido identificados. As vítimas foram abordadas e conduzidas no carro de uma delas, um Fiat Siena, até a Zona Rural da cidade de Goiana, na Zona da Mata do estado de Pernambuco, a 62 km de Recife, na fronteira com a Paraíba. De acordo com oficiais da 3º Companhia de Polícia Militar de Goiana e do 2º Batalhão da PM de Nazaré da Mata, que atuam na região, as mulheres foram conduzidas a um canavial às margens da rodovia BR-101, próximo à fábrica da Jeep, onde foram e estupradas. Após o abuso sexual, os bandidos amarraram as mulheres e passaram com o carro por cima das duas, causando a morte de uma delas. 

Conforme a PM, as mulheres foram encontradas na manhã deste domingo (21). O bebê, de cerca de um ano de idade, também foi achado, amarrado próximo ao local do crime. A mulher que sobreviveu estava consciente quando foi localizada e relatou todo o ocorrido para os policiais. Ela foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência para o hospital Pelópidas Silveira, em Recife, onde, de acordo com o que os socorristas relataram à PM, seguia em estado grave. A criança foi levada ao hospital de Goiana, onde permanecia com quadro clínico estável.


Ainda de acordo com a PM, a identificação das vítimas ainda seria feita, mas os agentes já estavam em diligências para encontrar os bandidos através do veículo roubado, cuja placa já era conhecida.
De acordo com informações da Polícia de Pernambuco, as duas foram abordadas na saída da festa por dois homens em uma moto e em um carro e as obrigaram a seguirem até a BR 101, na cidade de Goiana-PE, nas proximidades da fábrica da Fiat.
Lá as duas foram estupradas e posteriormente, os bandidos as amarraram e passaram por cima das vítimas com o carro em que elas estavam. A criança ficou amarrada no matagal próximo onde aconteceu o crime. As duas foram encontradas somente pela manhã por seguranças da usina.
Ainda segundo a PM de Pernambuco, Gloria da Silva, não resistiu e morreu no local. Já Caroline Teles foi socorrida para o Hospital Miguel Arraes, onde segundo a assessoria de imprensa, deu entrada politraumatizada, mas consciente. Ela passa por exames e possivelmente deve passar por cirurgias.
A criança foi levada para o Hospital Berlamino Correia, em Goiânia, onde também passa bem, tendo sofrido apenas algumas picadas de insetos, por ter passado a noite ao relento. 
---------------------------------------------
Gloria Silva, 42 anos, Caroline Teles, 32 e a criança de nome Lucas, 9 meses, residentes nos Bancários, estão desaparecidos desde sábado (20), quando saíram de casa em um Siena prata de placa OFC 8545 Patos PB, para ir a uma confraternização junina na Creche Berçário Educação Infantil, localizado na Rua Pedro Juscelino Aquino, na Cidade Universitária e desapareceram misteriosamente.

Paraíba velha de Guerra dando maus exemplos para o Mundo. Vereador queria ingressos para toda família.

0

Posted by Olímpio Rocha on Sexta, 19 de junho de 2015
Parabéns a empresa que negou as cortesias e aos seguranças que não se intimidaram diante da carteirada do paletó!
Vereador, prefeito é apenas uma pessoa representando um povo e não deuses soberanos. Quer ir pra festa, é só pagar.
Por quê ninguém vai fiscalizar as periferias da cidade com esgoto a céu aberto, fiscalizar a insegurança nos bairros enquanto está tudo seguro no Parque do Povo?

Segundo informações Rostand Paraíba era suplente do Vereador Marinaldo Cardoso(PRB) que após o carnaval se ausentou para tratar problemas pessoas por 121 dias. Antes de assumir o cargo de vereador Rostand exercia o cargo de Diretor da Vila Olímpica Plínio Lemos, no José Pinheiro.
Ou seja, próximo de deixar o cargo de vereador Rostand Paraíba marca de vez a sua presença na mídia.

Polícia Civil recupera peças de motos em desmanche na cidade de Nova Floresta/PB

0
Os Agentes de Investigação, Moura e Felipe, apreenderam na zona rural de Nova Floresta/PB, na manhã dessa terça-feira (16), três “quadros” de motos e roupas suspeitas de terem sido usadas em assaltos naquela região. Até um colchão, onde possivelmente os bandidos descansavam após desmancharem as motos roubadas, foi encontrado.
Segundo o Agente Moura, diversos levantamentos têm sido feitos pela Policia Civil, comandada pelo Delegado de Polícia Civil, Dr. Durval Barros. A comunidade também pode contribui com as investigações, denunciando anonimamente os meliantes pelo telefone 197.
Ainda segundo Moura, mesmo ninguém foi preso hoje e o local não será divulgado, pois a investigação continua e a qualquer momento a Polícia poderá obter êxito na prisão de assaltantes que agem nessa região.
Fonte: Galvani Silva

Sobrinho agride tia em Remígio/PB e acreditava que não era crime "Maria da Penha"

0
Foi preso no final da tarde da última quarta-feira, 10 de junho, na cidade de Remígio, o estudante de Direito, Kallyus Ribeiro, de 25 anos. Segundo o flagrante registrado na Delegacia de Remígio, o estudante com sintomas de alcoolismo teria ido a casa de sua avó de 79 anos e a mandou colocar o seu almoço quando a cadeira em que o mesmo estava acabou quebrando, ao ser avisado por sua tia, Maria Ribeiro da Silva, 52 anos, de que a cadeira tinha quebrado, partiu para cima da mesma dizendo que iria matá-la e começou a desferir golpes contra o seu rosto, sendo necessário a intervenção de sua avó e de sua mãe. Após a separação, Maria correu para um quarto aos fundos da casa e se escondeu enquanto Kallyus quebrava copos e pratos a seu alcance, ao perceber que Kallyus havia acalmado tentou passar pela cozinha para sair da casa, sendo segurada novamente pelo sobrinho que começou a agredir novamente, tendo que avó e mãe intervir novamente, neste momento a senhora de 79 anos ficou ferida, e Maria conseguiu fugir para rua, onde ligou para o irmão para ajudar.
Ao entrarem em contato com uma guarnição militar os mesmos mandaram que fossem registrar uma ocorrência na delegacia, já que não existia crime tipificado na Lei Maria da Penha. Ao chegar na delegacia a vítima com seu irmão tiveram a certeza que o crime estava tipificado sim como crimes previsto na Lei Maria da Penha e foi orientado a entrar em contato com a mesma guarnição e informasse que alem de ser crime ainda estava em estado flagrancial e que mesmo a vítima não quisesse mais levar o caso a frente, a polícia tem por obrigação prender já que é incondicional, ou seja não depende de representação por parte da vítima.

Alguns minutos depois chegou o conduzido que encontrava-se muito calmo acreditando que não seria processado pela Lei Maria da Penha, mesmo já tendo cursado as disciplinas de Penal, ele acreditava que o vínculo levado em consideração seria de pais e filhos, marido e mulher.
A autoridade policial afiançou o crime em 15 salários mínimos (R$11.820,00) que inicialmente o conduzido iria pagar, mas preferiu deixar esse dinheiro para gastar posteriormente com as custas do processo, e em seguida foi conduzido para cadeia local de Remígio que por coincidência tem como diretor o irmão da vítima.

Vale salientar que a Lei Maria da Penha existe para proteger toda e qualquer mulher que venha sofrer qualquer tipo de agressão física, psicológicas (lesões, xingamentos, humilhações) por parte de homens que tenham parentesco(esposa, companheiras, filhas, sobrinhas, tias, avós, mães, etc) ou laço afetivo ( amantes).

A lei Maria da Penha não protege mulheres agredidas por homens desconhecidos nas ruas ou que adentrem em suas residências, nestes casos a lei continua sendo com relação a Lesões corporais, difamações ou calunias, dependendo da agressão.

Para homens que apanham, são humilhados por mulheres da família não existe crime específico. Só vergonha na cara para terminar o relacionamento e procurar refazer a vida caso sintam prejudicados, além de realizar o mesmo procedimento comum de lesão corporal, difamação ou calúnia.

Delegado de Polícia sofreu tentativa de Homicídio na Paraíba.

0
Uma discussão por causa da fila de um supermercado teria sido a motivação da tentativa de homicídio contra um delegado em Uiraúna, no Sertão paraibano, na manhã deste sábado (13). De acordo com a Polícia Civil, a investigação aponta inicialmente que a vítima discutiu com outro homem e, quando saiu do estabelecimento, foi atingido por dois tiros, no abdome e na cabeça. No final da tarde, após receber atendimento no Hospital Regional de Cajazeiras, o delegado foi encaminhado ao Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, no helicóptero da Secretaria da Segurança e da Defesa Social (Seds) da Paraíba.
Até as 19h20, seu estado de saúde não tinha sido divulgado.
O secretário da segurança pública da Paraíba, Claudio Lima, destacou que o caso não compromete o trabalho da polícia. “Estamos dando todo o apoio possível, conseguimos fazer um translado rápido para salvar a vida do nosso delegado. Essa história de que criminoso intimida polícia não existe aqui, a polícia tem dado resposta em todos esses casos. A polícia vai partir para cima e dar a resposta sempre que necessário. Posso dizer que a investigação está bem adiantada e esperamos prender nas próximas horas, já temos autoria praticamente definida”, declarou Claudio Lima.
O delegado-geral do estado João Alves informou que a motivação do crime foi banal. “Uma discussão entre o delegado e a pessoa que o atingiu, segundo informações do dono da loja foi por causa da fila, um passou na frente do outro. O suspeito saiu da loja, o delegado ficou na fila e quando saiu para encontrar a mulher e os filhos, o homem efetuou dois disparos nele. A polícia tem a filmagem do local da ocorrencia, tem identidade do acusado, esta ouvindo as pessoas e vamos prendê-lo. Ele não tem porte de arma, encontramos antecedentes criminais dele no Rio Grande do Norte e em outros estados”, explicou o delegado-geral da Paraíba.
Segundo o delegado seccional de Sousa, Gledson Fernandes, a polícia busca dois suspeitos. Um homem que atirou e outro que auxiliou a fuga. “Há uma informação de que uma pessoa teria executado, mas outra pessoa teria dado fuga. Quanto ao paradeiro, mantemos sigilio porque nosso setor de inteligência está trabalhando. Creio que haverá uma resposta rápida”, confirmou o delegado.
Entenda a caso
Um delegado da Polícia Civil foi atingido por disparos de arma de fogo na manhã deste sábado (13), na cidade de Uiraúna, no Sertão da Paraíba. Segundo o comandante do 14º Batalhão de Polícia Militar, major Rômulo Ferreira de Araújo, o delegado foi baleado em uma praça da cidade. O Hospital Regional de Cazajeiras confirmou a entrada do delegado. De acordo com a unidade hospitalar, os disparos atingiram o tórax e cabeça e seu estado de saúde é grave.

O 6º Batalhão de Polícia Militar da cidade de Cazajeiras confirmou que o delegado foi atingido pelos disparos de arma de fogo. Ainda segundo informações da PM, o delegado mora em Uiraúna, mas é delegado de uma outra cidade também do sertão paraibano. Equipes da Polícia Militar estão realizando buscas na região à procura dos suspeitos do crime. As primeiras informações são que os criminosos fizeram uma emboscada e efetuaram dois disparos no delegado, em seguida fugiram em direção ao Rio Grande do Norte.
G1PB

Resposta a Sociedade II: Polícia Civil de Picuí recupera mais uma moto roubada na cidade.

0

Na manhã deste sábado, o Agente de Investigação Anderson lotado na sede da 13ªAISP- Picuí, recebeu informações anônimas via telefone de que uma moto estaria abandonada próximo a estrada que liga a cidade de Picuí a Carnaúba dos Dantas, diante das informações e com as investigações em andamento sobre os roubos de moto ocorrido na cidade nos últimos dias. Anderson juntamente com outros Agentes se deslocaram até a localidade e identificaram a moto como a que foi roubada no último dia 05 de junho.
Após confirmação apreenderam o veículo e levaram a sede da Seccional, que após os tramites legais foi entregue ao seu verdadeiro dono.


Em breve teremos elementos presos devido a essa onda de assalto. Aguardem!

Conselho de Direitos Humanos emite nota contra Desfile de presos em Patos/PB

0
Leiam na integra a nota abaixo e veja quem tem direito REAL na Paraíba e no resto do Brasil.
[AZUL] solidarizam com a família do PM.
[VERMELHO] criticam a PM, comparam com o Nazismo.
Precisava de tantos termos fora de padrões para desmerecer o serviço da polícia?
Por quê ninguém escuta falar de Direitos Humanos em outros países?

NOTA PÚBLICA DE REPÚDIO E PEDIDO DE PROVIDÊNCIAS O CONSELHO ESTADUAL DOS DIREITOS HUMANOS DO ESTADO DA PARAÍBA - CEDHPBalinhado com as leis que regem a ética e o respeito á dignidade humana no mundo e do nosso país, notadamente a Declaração Universal dos Direitos do Homem e do Cidadão e da Constituição da República do Brasil, nesta hora de horrenda violação desses diplomas legais consagrados e respeitados por todos os homens de bem, vem a público, primeiramente se solidarizar com os familiares do Policial Militar Ubirajara Moreira Dias pelo seu assassinato de forma brutal e sem justificativas e ao mesmo tempo, emitir nota do mais mais enérgico e vigoroso repúdio contra a ação medieval, execrável e condenável da Polícia Militar estacionada na cidade de Patos, que ao arrepio da lei, das diretrizes orientadoras e da ética policial militar, fez desfilar em carro aberto e acompanhado de grande comboio, lembrando os tempos do nazismo, os suspeitos da occisão da vida do Policial acima nominado, provocando um espetáculo triste, horripilante e desafiador da lei, pois, ao exibir de forma criminosa e num espetáculo que somente exteriorizou a desforra, a represália e a retaliação vingativa, posicionamento condenável e que nós integrantes deste Conselho Estadual de Defesa dos Direitos Humanos, de forma unânime repudiamos, exigindo do Governador do Estado da Paraíba, Que exonere de forma imediata o Comandante do batalhão de Patos e que determine uma apuração por parte de delegado especial e acompanhamento do Ministério Público Estadual, apurando de forma séria se ocorreu reação dos falecidos ou se ocorreu violação á norma legal, para que espetáculo tão pavoroso, medonho, abominável e deformado eticamente, moralmente e legalmente, nunca mais aconteça em terras paraibanas, cujos cidadãos sabem ser fiéis cumpridores da lei e ais, levaremos o ato covarde e abominável a outras esferas fora da Paraíba, sempre pugnando por providências e com entrega desta no Palácio da Redenção.
João Pessoa, 09 de junho de 2015.
A DIRETORIA DO CONSELHO ESTADUAL DOS DIREITOS HUMANOS DO ESTADO DA PARAÍBA

Mulher é morta quase duas horas após prisão de marido na Paraíba

0
Imagem Ilustrativa
Imagem Ilustrativa
Uma mulher foi morta com cinco tiros na noite de quinta-feira (11) na comunidade Novo Monte em Alhandra, Região Metropolitana de João Pessoa, cerca de uma hora e meia depois do companheiro dela ter sido preso. Segundo informações repassadas pelo sargento Franceilton, da 1ª Companhia Independente da Polícia Militar, o principal suspeito do homicídio é o cunhado da vítima.
O suspeito do homicídio culpava a mulher pela prisão do irmão, ainda de acordo com a Polícia Militar. Poucos minutos após o crime, o homem foi preso e encaminhado para delegacia. Uma equipe do Samu chegou a ser acionada por testemunhas do crime e a mulher passou pelos procedimentos médicos, mas não resistiu e morreu no local.
A mulher foi levada junto com o companheiro para a delegacia, mas foi liberada porque não havia nada contra ela, segundo o sargento Franceilton. O companheiro da vítima foi preso em cumprimento a um mandado de prisão por homicídio, conforme informações da Polícia Militar.
O registro foi encaminhado para a delegacia de Alhandra para confirmar se o assassinato tem relação de fato com a prisão do homem apontado como homicida. Ainda de acordo com a PM, até o início da manhã desta sexta-feira (12) tanto o marido, quanto o cunhado da vítima seguiam presos na carceragem da delegacia de Alhandra.

O que fazer se for vítima de crime virtual ou cyberbullying.

0
Primeiro passo para realizar uma denuncia contra crimes sofridos por meio da internet, seja ela por redes sociais ou sites é imprimir todo o conteúdo que não condiz com a verdade ou que esteja denegrindo a suposta vítima. A forma mais segura de realizar essa impressão, é o chamado "print", quando salvamos a tela toda do computador com a hora e o dia em que foi acessado, isso ajuda muito na identificação de usuários que usam perfis fakes.

Os fakes hoje em dia são mais fácil de identificar do que antigamente, ou então os que dão cobertura respondem por eles nos mesmos crimes.
Através do endereço eletrônico da difamação, no exemplo da imagem representado pelo nº 2, os responsáveis pelo servidor terão que fornecer a justiça quando solicitado quem era o responsável pelo link no dia e hora da infração, repassando o IP usado, com o IP em mãos o fornecedor da internet terá que informar quem estava usando neste exato momento o IP, já que ele não é fixo em alguns casos e fica constantemente sendo mudado quando o aparelho se desconecta da internet. O provedor de internet entregará a justiça o endereço MAC da máquina usada para acessar a internet, podendo ser celular, tablet ou computador, além do endereço do usuário caso já exista em seus bancos de dados, ou então a localização via triangulação.
O ideal na hora de coletar provas das difamações é realizar o print em vários momentos, de preferência alguns dias, ou então em horários diferentes, na maioria das vezes quem publica em redes sociais a altas horas da noite utiliza de celulares ou então em horário que deveria está trabalhando ou estudando, assim poderá conseguir dados de computadores de empresas ou escolas que estejam sendo usado para o crime.
Realizar o print também das pessoas que comentaram, compartilharam e curtiram a difamação, pois quem curte, compartilha está automaticamente assinando em baixo que concorda com aquela mentira publicada, nos casos dos comentários cada comentário é julgado diferente, pois haverá algum que esteja tentando inocentar/defender a vítima.

Delegacia:
Com os prints da tela imprimido e a lista de pessoas, nome fantasia e links do perfis o próximo passo é confeccionar uma Ocorrência policial na delegacia mais próxima, se na sua cidade houver uma Delegacia especializada para crimes virtuais deverá se dirigir até ela.

Penas: Além das punições penais que na maioria das vezes o autor do crime responde em liberdade, ainda poderá ter que fazer uma retratação pública, pagamento de indenização por Danos Morais e Materiais.

Esses crimes tomam proporções gigantescas devido ao efeito cascata, um recebe e vai repassando para mais dois e assim por diante. Casos utilizando aplicativos de voz, todos os números que repassaram a imagem / texto ou áudio respondem do mesmo jeito, então se você recebeu de um amigo, o crime já começa por ele até haver uma colaboração e chegar ao autor das mentiras.

Detentas do sistema prisional de Fortaleza fazem sucesso nas redes sociais. Após grande sucesso direção decide tomar medidas enérgicas.

0
O Grupo de Apreensão do Sistema Penal (Gasp) encontrou na tarde desta quarta-feira (10) seis celulares na cela de um grupo de mulheres que postavam fotos em poses sensuais Instituto Penal Feminino Desembargadora Auri Moura Costa, em Aquiraz, na Grande Fortaleza. As imagens foram entre dezembro de 2014 a terça-feira (9), e foi compartilhada centenas de vezes no Facebook na quarta-feira.

Além dos celulares, foram localizados no presídio sete carregadores e dois pacotes com maconha. A Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará (Sejus) afirma que as detentas foram punidas pela infração.

O perfil do grupo no Facebook contém mais de 60 fotos com poses de uma detenta e das companheiras de cela. As internas aparecem fazendo poses sensuais com roupas íntimas e também com o uniforme da penitenciária.

As descrições das últimas fotos postadas têm frases como "Hoje aque (sic) amanhã só Deus sabe". Em comentários feitos nas fotos do último mês, amigos postam mensagens como "a sua liberdade vai cantar" e "So insaiando ne pra quando chegar no mundao (sic)".

Internas receberam punição

Em nota, a Sejus informou ter identificado e punido as internas que aparecem nas imagens.  Elas foram conduzidas nesta quarta-feira (10) ao isolamento, onde respondem à sanção disciplinar.

Para impedir a entrada de celulares no presídio, a Sejus afirma que tem realizado vistorias frequentes nas celas e que busca reforçar o policiamento nas guaritas.

A secretaria disse ainda que o presídio deve receber um "body scanner", que emite feixes de raio-X realizando uma vistoria intra corpórea, mas não deu previsão, porque ainda está realizando o processo licitatório do equipamento.

G1







Policiais Civis dão resposta a sociedade e recuperam moto roubada em Picuí/PB

0
Na manhã desta quarta-feira,10 de junho, policiais Civis da 13ªAISP- Picuí, sob o comando da Delegada Dianni Regina recuperaram uma moto BROS vermelha roubada no último final de semana, na hora em que policiais iriam abordar o condutor o mesmo empreendeu fuga abandonando o veículo logo em seguida. Mas como bandidagem é profissão, os policiais conseguiram identificar o condutor do veículo e estão nesse momento realizando rondas no sentido de localizar o elemento. Foi solicitado o apoio de guarnições da polícia Militar para realizar o cerco na cidade para prender e levar o acusado a responder por seus atos.

fonte: SetimaRegional / Tábua de Notíticias
#A resposta da polícia pode demorar algumas horas, dias ou meses. Mas será a altura da criminalidade.

Pedófilo de Remígio/PB, apareceu em reportagem do Brasil Urgente em rede nacional

0

No início da noite desta terça-feira, 09 de junho, por volta das 19hs foi ao ar no programa Brasil Urgente comandada por Datena, matéria que expôs o responsável por aliciar, estuprar e divulgar vídeo de uma criança de 8 anos praticando sexo.
Segundo a Matéria o acusado estava escondido em São Paulo a quase dois anos, vivendo em local insalubre na companhia de cachorros.
Para se ter ideia se estivesse na Paraíba já estaria em liberdade ou preso próximo de parentes.