quinta-feira, 21 de abril de 2011

Adolescente ameaça invadir escola e matar alunos no Cariri paraibano


A tragédia em Realengo, no Rio de Janeiro, na qual um homem invadiu uma escola, matou 12 crianças e se suicidou depois, nem saiu da lembrança dos brasileiros, e um caso semelhante quase aconteceu no Cariri paraibano, no município de Riacho de Santo Antônio. A polícia deteve um menor de 17 anos, acusado de ameaçar invadir uma escola e matar as meninas mais bonitas.

A apreensão do menor aconteceu depois que pais de alunos foram à Escola Municipal Josefa Lídia da Silva, em Riacho de Santo Antônio, apreensivos com ameaças que o adolescente já vinha fazendo há dias entre os populares. O diretor da escola, José Lindacir Alves, entrou em contato com a polícia do município vizinho de Barra de São Miguel, que foi ao local, ouvir testemunhas.

“Alguns alunos ouviram comentário desse adolescente sobre invadir a escola e matar os alunos. Isso gerou uma polêmica. Hoje pela manhã, recebi uma ligação para vir urgente à escola. Chegando lá, encontrei as mães preocupadas com a seguranças dos filhos. A gente chamou a polícia, que foi até a casa dele e o apreendeu”, disse o diretor da escola.

A polícia de Barra de São Miguel e a conselheira tutelar de Riacho de Santo Antônio, Janisdan Clea Pereira da Costa, detiveram o menor em sua casa. Ele foi encaminhado ao Conselho Tutelar de Riacho de Santo Antônio, para prestar depoimentos.

Antes de o adolescente falar, alguns pais de alunos prestaram depoimentos e afirmaram que o menor vinha comentando há alguns dias que planejava invadir a escola com uma faca e matar as meninas mais bonitas. Ainda segundo os depoimentos, algumas das ameaças do adolescente teriam sido encaminhadas diretamente a algumas alunas.

"Ele [o menor] será ouvido e, sem seguida, o encaminharemos para o 'Lar do Garoto', em Lagoa Seca", explicou a conselheira tutelar Janisdan.

PARAÍBA1
fonte: Voz de Pedra

5 comentários:

  1. Postei essa notícia para mostrar um comparativo de Picuí com outras localidades. Enquanto na cidade de Barra de SãoMiguel, o menor foi detido e será encaminhado para o Lar do garoto devido a comentários; na nossa cidade adolescentes atiram, cobram pedágios, aterrorizam escolas, traficam, ameaçam outras pessoas. A diferença é que lá eles abriram a boca e denunciaram e cobraram providências e aqui ocorre o contrário, existe comentários mas ninguém quer se envolver. Lamentável.

    ResponderExcluir
  2. É, mais existe algumas denuncias, boletim de ocorrencia aberto. Falta apenas a curadoria da infancia e da juventude agir.

    ResponderExcluir
  3. isso e uma vergonha pro prefeito de riacho de santo antonio veja um detalhe da materia q diz q foi precizo vir a policia de barra de sao miguel porq o prefeito nao da apoiu aos policiais e riacho de santo antonio e o unico municipio do cariri q nao tem policia.

    ResponderExcluir
  4. eu axo o seguinte, que nao e vergonha para o prefeito dessa pacata cidade nao. e sim vergonha para o senhor governador do estado que nao da apoio. para que a policia trabelhe. nem da alimentaçao aos policiais. agora me diga qual a dele gacia dessas cidades zinhas pequenas que o apoio nao seja dos senhores prefeito. coisa essa que a policia nao e municipal nao e sim estadual. por isso quem e pra dar apoio a policia e o estado e nao os municipios. AMIGO FRANKLIN AGORA DEIXA ESSE COMENTARIO AI POR FAVOR.

    ResponderExcluir
  5. amigo alexandre, é competencia do governo do Estado manter policiais em todo Estado da Paraiba ou vc não sabia desse detalhe?

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.