domingo, 10 de abril de 2011

OCORRÊNCIAS DO FINAL DE SEMANA EM PICUÍ E REGIÃO

Até o o momento desta postagem houve várias apreensões de veículos para averiguações obedecendo ordem judicial do Juiz da Comarca de Picuí e dois flagrantes inicialmente pela Lei Maria da Penha.


1ª FLAGRANTE. LEI MARIA DA PENHA. PICUÍ
SÁBADO- 09/04/2011
VÍTIMA: ANA LÚCIA DOS SANTOS FARIAS, brasileira, casada, com 49 anos, agricultora, natural de Solânea, residente no Bairro JK- Picuí/PB.
ACUSADO: DAMIÃO GOMES DE FARIAS, brasileiro, casado, com 54 anos, agricultor, residente no sítio Canoa do costa- Picuí/PB.
Segundo a vítima o seu companheiro chegou com sinais de alcoolismo gritando com a mesma pedindo um café, e após o mesmo receber uma negativa começou a chamar palavrões de baixo calão contra a mesma, instigando-a a brigar. Que tempo depois a acusada estava em sua cama dormindo quando acordou derrepente com o seu companheiro colocando querosene em cima do colchão e saiu rapidamente de cima, nesse momento o acusado pegou o colchão e disse: "vou arrumar um revolver para descarregar na sua cabeça" e levou para um terreno em frente a casa do prefeito e tocou fogo. A vítima temendo pela sua vida pois é constante as ameaças e agressões físicas sofridas solicitou apoio a guarnição do Sgto Sodré da polícia Militar que de pronto atendeu a mesma encaminhando-a para Delegacia Regional para Lavratura do Flagrante Delito e apreendeu o acusado.


O flagrante foi lavrado pelo Delegado Plantonista Durval Barros, o qual encaminhou o acusado para cadeia pública de Picuí.

Vale salientar que toda familia do acusado apoiou a iniciativa da vítima-genitora, pois a mesma vem a muito tempo sofrendo calada com as agressões.






2º FLAGRANTE.
LEI MARIA DA PENHA, POSSE ILEGAL DE MUNIÇÃO E TRÁFICO DE DROGAS. BARAÚNA
DOMINGO-10/04/2011

VÍTIMACLEONICE DOS SANTOS, natural de Cuité, com 24 anos, nascida aos 07/02/1987, vivendo maritalmente com o acusado na rua Floriano Luiz da Silva, Baraúna-PB.




ACUSADOJOSÉ SANTOS DA SILVA, conhecido por ERIVONALDO ou CACETINHO, natural de Picuí, com 39 anos, nascido aos 10/02/1972, vivendo maritalmente com a vítima a mais de dois anos.

Segundo a vítima a mesma sofre agressões físicas e psicológicas a três meses, data em que o seu marido/acusado saiu da cadeia. E na noite de ontem(sábado) foi agredida com tapas após um desentendimento com o mesmo e na manhã de hoje quando foi tomar satisfação porque o mesmo estava convivendo com a vítima e uma ex-mulher, o acusado começou agredi-lá com tapas e ponta-pés derrubando pelas calçadas em público, lhe causando vários ferimentos pelo corpo, só vindo a cessar com a chegada da polícia ao local. Após o Sargento Manoel tomar ciência dos fatos encaminhou a vítima e o acusado a Delegacia Regional para serem tomadas as providências legais.
Ao relatar todos os fatos a vítima informou ao Delegado Plantonista Durval Barros de que o acusado possuia arma em casa, com esta nova informação determinou-se diligências na casa do mesmo atrás da suposta arma com a qual o mesmo dizia que a iria matar a sua companheira.
Durante as diligencias o Comissário de Polícia Luis Xavier, Sargento Manoel e o Agente Operacional Zé Faustino encontraram na residencia do mesmo munições de revolver cal.22, cinco papelotes de material semelhante a Maconha, um pacote com uma certa quantidade do mesmo material semelhante a maconha, balança de precisão para fazer as porções, plástico utilizado para embalar a droga, substâncias utilizadas para  fabricar drogas e R$ 96,00 (noventa e seis reais) em notas trocadas que segundo a vítima é proveniente da venda das drogas na sexta-feira(08/04/2011).
Diante dos fatos relatos o acusado foi encaminhado a cadeia pública de Picuí pela Lei Maria da Penha, Tráfico de Drogas e Posse Ilegal de munição.

Vale salientar que o mesmo já cumpriu pena no presídio do Roger em João Pessoa por Homícidio contra a esposa naquela ocasião.

Um comentário:

  1. SERA QUE A LEI VAI SER CUMPRIDA DE VERDADE PORQUE ESSE NOJENTO FOI PRESO O ANO PASSADO COM QUASE UM KILO DE MACONHA.RAPIDINHO ELE SAIU É DEMAIS.

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.