sábado, 9 de abril de 2011

OPERAÇÃO ARRASTO EM PICUÍ.




Foi dado início na noite desta sexta-feira a  “OPERAÇÃO ARRASTO”  sob o comando do Delegado Regional João Joaldo e o Juiz da comarca de Picuí Mário Lúcio com o intuito de apreender motos adulteradas, sem placas, com adolescentes  pilotando, com faróis queimado, luzes de pisca-pisca, luz traseira e de freio queimada, falta de retrovisores , devido ao alto índice de acidentes automobilísticos na região devido a falta da sinalização dos veículos.

Foram apreendidos diversos veículos para averiguação de documentação tanto de proprietários, condutores e dos próprios veículos. Após verificação dos mesmos foi feito a averiguação do funcionamento do sistema de sinalização das motos após constatarem que estava tudo em ordem foram liberadas, ficando detidas as motos com adulterações de características tanto de cor, cano de escape, adolescentes pilotando e dos indivíduos que desacataram policiais na hora da abordagem.

Participaram da operação:
Sgto PM Sodré ;  SDPM Auricélio;.
Comissários de Polícia Civil: FRANKLIN BASILIOGILVAN FERNANDESRAFAEL LIMA.
Agentes Operacionais: EdsonZé Faustino.
Veículos utilizados: 02 RANGER DA CIVIL
                              01 RANGER DA MILITAR
                              01 MOTO PATRULHA (PARA USO EM CASO DE FUGAS)



A moto acima foi detida por falta de retrovisores e que após constatar a cor real da moto(cinza/prata), o dono responderá por modificação das características da mesma, já que deveria haver mais de 30% de sua cor original visível para identifica-lá mas a mesma estava TODA adesivada de preto fosco, a utilização de cano "tipo fortuna" o qual em momento algum os policiais puderam verificá a situação do mesmo devido ao dono quando apareceu não ter entregue a chave a polícia para liga-lá e constatar a intensidade do ruído produzida pela mesma. O mesmo responderá por tais atos na JUSTIÇA.



A moto acima foi apreendida pela falta de retrovisores e falta de documentos, na hora da abordagem o condutor informou que era de maior idade e que após apresentação de documentos comprovou que era adolescente de 17 anos. O mesmo informou que a moto era de seu genitor quando apresentado na delegacia, mas o seu genitor tem problemas de coluna e a moto apresenta características modificadas como para-lamas cortados, capa de tanque, adesivagem especial tudo com características de que a moto era do adolescente.
O genitor do mesmo responderá pelo ato de entregar veículo a menor de idade não habilitado.

É relevante frisar que as apreensões continuarão por tempo indeterminado sem a necessidade de deslocar várias viaturas ao mesmo tempo, ficando a cargo de cada guarnição fazer a apreensão do que estiver errado de acordo com o Código de Trânsito Brasileiro.
Aqueles que sabem que estão errados e vierem a desacatar alguma autoridade policial no cumprimento de seu dever responderá pelo ato além das irregularidades de seus veículos e encaminhados para o DETRAN. O responsável que entregar veículo ao menor de 18 anos responderá por este fato judicialmente e encaminhado o seu veículo ao DETRAN para regularização.
Será realizado esse tipo de operações nas cidades de Barra de Santa Rosa, Nova Palmeira e Cubati devido ao alto índice de veículos pilotado por menores de idade e por falta de emplacamento, rabetas, luzes de sinalização. Nessas cidades todos os veículos detidos serão encaminhados ao DETRAN mais próximo e dependendo do caso poderá responder processo judicial.

3 comentários:

  1. Adm do blog, tem alguma previsão de que mes o batalhão vem chegar em Picuí? Depois dele, quem sabe se não chegar um orgão fiscalizador de trânsito, tipo a STTP em Campina Grande.

    ResponderExcluir
  2. vocês tem que vir pra barauna ai dar certo ok.

    ResponderExcluir
  3. ou barauna não pertence a mesma comarca.

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.