segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Delegacia apura como preso foi morto e dois policiais feridos dentro da Central de Polícia neste domingo


A 2ª Delegacia Regional de Campina Grande já tomou as providências cabíveis para apurar o fato ocorrido na Central de Polícia na noite de domingo (14), em que um preso morreu e dois policiais ficaram feridos.


Severino Jenuíno da Silva estava detido na Central de Polícia desde a última quarta-feira (10), quando foi preso por porte ilegal de arma. Ele também era fugitivo do presídio Serrotão, e principal suspeito de uma tentativa de latrocínio contra um empresário de Campina Grande, tendo sido reconhecido pela vítima.

De acordo com o delegado regional Wagner Dorta e com base no relato de testemunhas, por volta das 19h00 de domingo, o preso teria aproveitado o momento em que recebia o jantar para atacar o carcereiro com um estilete, tomando-lhe a arma e atirando duas vezes contra ele. Em seguida, efetuou disparos contra os demais policiais que vieram em socorro do carcereiro.

Numa reação legítima, houve troca de tiros e Severino Jenuíno foi contido pela polícia. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu a caminho do hospital. Os dois policiais feridos foram encaminhados ao Hospital de Trauma de Campina Grande e o estado de saúde deles é regular.

“A polícia teve uma reação legítima, em socorro do carcereiro e para conter a ação do criminoso. Apesar do incidente, os policiais agiram de forma rápida e evitaram que outras pessoas ficassem feridas”, enfatizou o delegado regional Wagner Dorta.

A perícia foi ao local e encontrou a arma artesanal, possivelmente confeccionada com uma colher. A polícia também investiga se o preso recebia ameaças de morte. “Nós tivemos a informação de que ele estava sendo ameaçado de morte no Serrotão e que tinha vários inimigos, por isso, estaria fazendo de tudo para fugir. Um fato lamentável, mas que será apurado com transparência”, concluiu o delegado Wagner Dorta.
Secom-PB 

4 comentários:

  1. mais quantas brigas ameaças discuçoes e mortes irao acontecer neste bar para alguma altoridade fazer alguma coisa no local que esta fora de serio

    ResponderExcluir
  2. pedimos socorro as autoridade de visinhas ja que nova floresta nao tem segurança.pedimos investigaçoes sobre esse bar que fica localisado na rua jose everaldo dos santos gente e o bar de toinha la um trafico e mandato de chacina quantos dela ja morreram ao sair de la.aos moradores dessa rua esta com medo ate de sair a noite ou qualquer horario pq e um inferno.

    ResponderExcluir
  3. gente façam alguma coisa pra fechar esse bar de toinha andre morreu depois que saiu de la ,outro ao sair tb morreu de acidente na estrada de cuite outro levou uma facada atraz do bar ,gente la e um bar de todo tipo de coisas ruins,agora o assino de alaelson tb passou o dia bebendo la.o que querem mais.matar mais gente.ela e tao perigosa que simula ate o proprio assalto .

    ResponderExcluir
  4. esse bar e amaldiciado que se cuidem quem va la .pode ir mas tenham certeza que depois a morte vem.

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.