quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Vocês se lembram de José Gilmar dos Santos. Vamos lembrar quem ele é.


Tragédia // Acidente mata duas pessoas em Cuité

Márcio Rangel // marciorangel.pb@dabr.com.br


Mais uma vez, a imprudência no trânsito foi responsável pela morte de jovens nas estradas paraibanas. Na madrugada de ontem, a mistura entre álcool e direção acabou provocando um grave acidente na rodovia BR-104, nas proximidades da cidade de Cuité, no Curimataú do estado. Um grupo formado por sete pessoas, que ocupavam um veículo Fiat Siena, retornavam de uma festa de vaquejada, quando o condutor do carro, perdeu o controle da direção e capotou. Duas pessoas morreram na hora e as demais ficaram feridas e foram socorridas para os hospitais de Campina Grande. De acordo com as próprias vítimas, todos, inclusive o motorista, haviam ingerido bebidas alcoólicas.




Carro ficou totalmente destruído após a colisão entre os dois veículos Foto: Katharine Nóbrega/Especial DB/D./D.A Press
De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a tragédia ocorreu por volta das 3h50 de ontem, na altura do quilômetro 31 da BR-104, nas proximidades do acesso ao município de Cuité. As sete pessoas ocupavam o veículo Fiat Siena, de cor cinza, ano 2010 e placas KIT-6244, de Recife/PE e retornavam da cidade de Barra de Santa Rosa, onde haviam participado de uma vaquejada e tinham como destino final o Sítio Umburana, comunidade da zona rural de Picuí, onde eles residiam.

Segundo o relato de uma das vítimas, a estudante Eliana Dantas Lima, 22 anos, que ficou ferida e foi socorrida para o Hospital Regional, o motorista do carro estava embriagado e fazia manobras perigosas na pista. Ele chegou a ser alertado pelos colegas, no entanto, não deu atenção. "Nós chegamos a pedir para ele parar, mas como vinha bêbado, não ouviu os conselhos. Algumas pessoas estavam dormindo. Só quem vinha com o cinto era o motorista, por isso que ele sofreu poucos ferimentos, o restante não", declarou a jovem. Ela sofreu escoriações na clavícula e na perna esquerda.

As vítimas fatais foram as estudantes Amanda de Oliveira Dantas, de 22 anos, que vinha no banco da frente do carro, não usava o cinto e morreu no local, após ter o corpo arremessado a cerca de 15 metros e Cirley Santas Lima, de 18, que ainda foi socorrida para Campina Grande, mas acaboufalecendo no Hospital Regional. Os outros ocupantes do carro eram David dos Santos Souto, 21; Sheyla Dantas Silva, 20; José Gildemar dos Santos, 30 e seu irmão,
José Gilmar dos Santos, 27 anos. 



***********************************

Na madrugada desta segunda-feira, dia 9, a mistura explosiva entre álcool e direção acabou com um registro de um grave acidade na rodovia BR-104, nas proximidades da cidade de Cuité, na região do Curimataú do estado.
Um grupo formado por sete pessoas retornavam de uma vaquejada em Barra de Santa Rosa com destino ao município de Picuí. Todos estavam em um veículo Fiat Siena, de placas KIT-6244, de Recife/PE.
Na altura do km 31, da BR-104 Norte, bem próximo ao acesso para o município de Cuité, o condutor perdeu o controle do carro e capotou. As estudantes Amanda de Oliveira Dantas, de 22 anos, e e Cirley Santas Lima, de 18 anos, não resistiram aos ferimentos, os demais foram socorridos para os hospitais de Campina Grande.

Segundo o relato de uma das vítimas, a estudante Eliana Dantas Lima, de 22 anos, que ficou ferida e foi socorrida para o Hospital Regional Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande, o motorista do carro estava embriagado e vinha fazendo manobras perigosas na pista. Os colegas teriam alertado o condutor que não deu atenção aos reclames.

Ele vinha dando 'cavalos de pau' na pista. Agente chegou a pedir pra parar, mas como vinha bêbado, não ouviu muito os conselhos. Algumas pessoas estavam dormindo. Só quem vinha com o sinto era o motorista, por isso que ele sofreu poucos ferimentos, o restante não”, declarou a jovem, quando saía da sala do Raio-X. Ela sofreu escoriações na clavícula na perna esquerda.

Os outros ocupantes do carro eram: David dos Santos Souto, de 21; Sheyla Dantas Silva, 20; José Gildemar dos Santos, de 30 e seu irmão, que conduzia o carro, José Gilmar dos Santos de 27.


3 comentários:

  1. ha possibilidade de gilmar ser solto depois de uma dessa? caso seja solto voltara a cometer os mesmos crimes fico grato pela resposta obg.

    ResponderExcluir
  2. Um cara desse era pra passar o resto dos dias dele na cadeia pra ele aprender a ter responsabilidade!!! Deus que me perdoe mais o cabra é tão ruim que não morreu, mais duas inocentes que vinha de carona infelizmente acabaram vindo a óbito, é triste mais a JUSTIÇA NO BRASIL é fraca demais pra algumas coisas!

    ResponderExcluir
  3. ESSE CARA JA TA APRONTANDO DE NOVO POR AI!!!TAVA BEBADO EM PARELHAS..O CARRO CHEIO DE MENORES..

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.