terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Por que não comprar celulares xing-ling?


Devido ao preço não muito convidativo, muitos usuários que desejam ter um celular com mais funções, acabam caindo no erro de comprar um modelo genérico, falsificado, os tão famosos “xing-ling“, que fazem tanto sucesso no mercado brasileiro.
Especialmente no mês passado, onde as vendas de eletrônicos estavam aquecidas devido as festas de fim de ano, um aparelho deste naipe acaba sendo bem tentador. Preço super acessível, vem com uma gama de recursos, como sintonizador de TV, rádio FM, câmera, tela de toque e o principal: 2, 3 ou até 4 chips simultâneos! As festas de fim de ano passaram, mas agora as lojas estão fazendo promoções para esgotarem o estoque e novamente as ofertas de tais aparelhos vêm à tona. Se você está pensando em comprar um, seja para si mesmo ou para algum parente, saiba agora por que você está cometendo um grande erro! Mas primeiro, vamos esclarecer o que é um celular xing-ling.
O que é um celular xing-ling?
HiPhone 3G
A expressão “xing-ling”, obviamente, faz lembrar um nome chinês. E não é para menos. Os chineses são especialistas em copiar produtos de marcas famosas. Então, você já deve ter sacado que a grande maioria desses celulares de baixo custo são oriundos da China, ou de qualquer outro país asiático. Além de cruzarem o planeta para chegar até os entusiasmados consumidores brasileiros, os celulares desta categoria também têm por característica imitarem descaradamente o design de produtos mais conceituados. Veja só a imagem deste celular chinês de nome HiPhone 3G:
Ele te lembra alguma coisa? Portanto, celulares xing-ling geralmente são fabricados na China, por marcas absolutamente desconhecidas, e são imitações baratas dos produtos top de linha. Além disso, é importante notar que todos eles agregam uma gama de recursos e funções, que não estão ali estrategicamente, mas simplesmente foram amontoados para chamar a atenção do comprador em potencial. Podemos dizer que estes aparelhos seguem a filosofia do pato: faz de tudo um pouco, mas nada de maneira satisfatória
Por que é um erro comprar um celular xing-ling?
Primeiro de tudo, aceite uma regra básica: “Tudo que é caro, é bom. Mas nem tudo que é barato, também é”. Se uma coisa é cara, ela tem um motivo para ostentar esse preço. Ou você acha que a empresa que fabrica o HiPhone é boazinha e colocou um preço baixo num produto de excelente qualidade só para agradar os consumidores? Se você quer qualidade, terá de pagar por ela! O grande atrativo dos aparelhos xing-ling é o seu preço, mas vamos entender por que eles são tão baratos.
Qualidade do material
Celulares piratas
A começar pelos materiais usados na sua fabricação. Logicamente, para tornar o custo final baixo, os fabricantes utilizam materias de baixa qualidade, como carcaças frágeis que se quebram com facilidade , telas resistivas, que não são tão sensíveis ao toque, botões que se desgatam com mais facilidade, bem como componentes internos de segunda mão, ou seja, o que sobrou da produção dos smartphones top de linha.

Mesmo quando estão funcionando, não conseguem executar as suas tarefas satisfatoriamente. Já tentou tirar uma foto com eles? A empresa diz que tem 12 megapixels, mas a qualidade da imagem é de VGA. E o sintonizador de TV? Imagem péssima, cheia de ruído e chiado. O acesso a internet, quando muito, se dá de forma bem sofrida. Enfim, é uma experiência de uso bem desgastante e desagradável.
Garantia
Além do hardware e do software serem de baixa qualidade, ainda nos deparamos com a questão da garantia. Visto que esses celulares são produzidos na China sem o menor critério, geralmente eles são vendidos aqui pelo mercado informal: camelôs, lojas não-autorizadas, etc. Ou seja, é fruto de contrabando, portanto, crime previsto em lei. De fato, estes aparelhos sequer chegam a ser homologados pela ANATEL, e certamente não passariam pelos testes de segurança. Assim, na hora que ele der algum problema, o que não é muito difícil, você não terá a quem recorrer. Algumas lojas dão uma garantia mínima, mas no final, resta apenas recorrer àquele cara da esquina que “conserta” celulares.
Preocupação com a saúde do consumidor
Radiação dos celulares
Quanto de radiação seu celular emite?
A nossa saúde está em jogo, também. Ou você acha que os testes realizados pela ANATEL são mera burocracia para atrasar um grande lançamento? Antes de serem homologados, os aparelhos passam por uma bateria de testes, afim de ver se estão respeitando uma série de padrões, tanto técnicos quanto de segurança. Um deles é a emissão de radiação, que deve estar em um nível aceitável e que não ofereça riscos à nossa saúde. Inclusive, basta uma busca rápida no Google para ver notícias de gente que morreu enquanto falava no celular ligado na tomada. Alguns morreram eletrocudados, noutros casos o aparelho simplesmente explodiu. Portanto, este é um fator importante que os celulares xing-ling não atendem.
Os smartphones top de linha são deveras caros, devido aos altos impostos praticados pelo Brasil mas se vocês tentarem exportar um Smartphone dos EUA poderá té sair mais barato do que o dá loja só que ele virá em inglês, já é uma alternativa viável e mais em conta, só não para a Paraíba com a tal Bitributação do atual governo do Estado que já caiu pela segunda vez no Supremo .
Com relação as doenças que estes celulares Xing-Ling podem provocar ainda é cedo para confirmar já que os efeitos da radiação é acumulativo e afeta diretamente as células do corpo, ocorrendo mutações genéticas e terminando no famoso Câncer, o mal do novo século, principalmente a parte do corpo que mais estiver em contato permanente com estes aparelhos, a exemplo do ouvido, cabeça para quem falar demais com eles, o coração para quem usa no bolso da blusa, órgãos genitais para quem usa no bolso da calça, devido a proximidade.
Matéria de :@Felipe__Alencar /http://www.guiadopc.com.br com modificações de @BlogDoBasilio

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.