sábado, 31 de março de 2012

Operação Divisa entre Cubati e São Vicente do Seridó

A Polícia Militar realizou uma grande operação na noite desta sexta feira 30, em São Vicente, denominada de ‘Operação Divisa’, para combater o trafico de drogas e também apreender veículos irregulares. A operação foi comandada pelo coronel Wolgrand e o major Herbert, do Comando de Policiamento da Região 1 (CPR1), sediado em Campina Grande – PB.

Segundo o coronel Wolgrand, o objetivo principal da operação é prevenir a violência e reduzir a criminalidade, através de uma integração articulada e serão desenvolvidas no mínimo duas operações semanais em toda área do CPR1.

A Operação foi realizada em vários municípios, entre eles Cubati – PB e São Vicente do Seridó – PB. Na cidade de Cubati foram apreendidas 25 motos, que foram conduzidas para o pátio da delegacia local, já em São Vicente, 17 motos foram detidas e levadas para o pátio do Hospital da cidade, onde ficará a disposição das autoridades.



As motos foram apreendidas por atraso no emplacamento, falta de documentos do veículo e condução sem habilitação. Segundo o major Herbert, foram apreendidas armas brancas, nenhuma pessoa foi presa.

A ‘Operação Divisa’ contou com 10 viaturas e 40 policiais, além do apoio do sargento Queiroz e dos cabos Humberto e Agnaldo da PM de São Vicente.

Fonte: São Vicente Agora.


Esteve presente na Operação o Delegado Alarico responsável pelas cidades de Cubati e São Vicente do Seridó.
É bom frisar que a Delegacia de Cubati não possui pátio para guardar veículos, e segundo entrevista dada pelo Delegado Regional, João Joaldo, a rádio Cenecista AM a competência da Polícia Civil é só com relação a área penal. Motos apenas atrasadas, ou falta de habilitação não é de nossa competência sendo necessárias nesse caso um policiamento de trânsito e encaminhar os veículos ao DETRAN. A polícia Civil só age quando existe menores sendo condutores, praticando crimes ou se o veículo é roubado.

5 comentários:

  1. já estava na hora de alguem tomar providencias.
    tbm não podem esquecer o quer vem acontecendo nos sitios também. todos mundo sabem q algumas residencia vem cendo roubada, e ninguem dá importancia, dos ocorridos.
    Romilton. sitio açudinho.

    ResponderExcluir
  2. isso ta sendo a melhor coisa que nosso governo fez ate agora tem que arrochar essa cambada de vagabundo por que eu sou abilitado paguei 483 reais pra manter minha moto em dia e seu fulanos so tirano onda com motos atrasadas com tres quatro pessoas em uma unica moto moto robada moto do estouro carro do estoro e robado e todo mundo em nossa cidade picui faz vista grossa ta na hora de todas as autoridades tomarem providencia mesmo ate que enfim

    ResponderExcluir
  3. A única forma de acabar com a impunidade é aumentando o rigor nas fiscalização. Só pode ter um veículo quem pode arcar com as despesas que ele gera. Não é correto que apenas pessoas que moram em grandes centros urbanos paguem seus impostos e tenham seus veículos roubados e vendidas em cidades interioranas, aonde não há rigor nas fiscalizações. Após tanta impunidade acabou-se o uso de cavalos nas zonas rurais, e se usa motos de estouros, roubadas.-- franklin

    ResponderExcluir
  4. Concordo que todos nós proprietários de motos devemos emplacá-las.Agora,discordo quanto ao valor cobrado.É um verdadeiro absurdo, pagar um valor tão alto por um emplacamento de um veículo de tão pequeno porte.

    ResponderExcluir
  5. PAGAMOS UM VALOR ALTO DEVIDO AOS QUE SONEGAM OS IMPOSTOS. QUANDO TODOS PAGAREM E ESTIVEREM EM DIA O PREÇO CAIRÁ. MAIS DA METADE DAS MOTOS QUE RODAM NO BRASIL ATÉ 150CC ESTÃO EM ATRASO. JÁ IMAGINOU?? NESSA MÉDIA PODERÍAMOS ESTÁ PAGANDO HOJE PELO METADE DO PREÇO QUE É COBRADO

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.