quarta-feira, 25 de abril de 2012

Apreensão de motos de agricultores em municípios do Curimataú é tema de protesto em Cuité PB.


Agricultores familiares e entidades sindicais do Curimataú realizaram uma mobilização na manhã desta segunda-feira (23/04) em defesa dos agricultores que usam motos como instrumentos de trabalho. Segundo as lideranças, com as blitz realizadas pela polícia militar, diversos agricultores estão tendo seus instrumentos apreendidos por não terem carteira de habilitação e por terem atrasos de pagamento junto ao Detran o que tem preocupado as lideranças regionais já que esses veículos são de fundamental importância para a mobilidade das famílias camponesas.

A decisão de organizar uma mobilização se deu numa reunião das entidades sindicais do Curimataú paraibano(foto) que aconteceu no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Barra de Santa Rosa no dia 13 e contou com representações de diversos diretores de sindicatos de trabalhadores rurais da região e componentes da CUT, Central Única dos Trabalhadores. “Nós entendemos que essa é uma missão nossa representar o agricultor e agricultora que está sendo penalizados no sentido das motos que são tidas como ferramenta e instrumento principal de trabalho hoje para os agricultores, ela tem substituído o jumento, o cavalo, o carro e nós entendemos que os trabalhadores precisam ser tratados com uma forma diferenciada.

É como forma diferenciada nós estamos garantindo e mostrando aos agricultores que é fundamental que eles emplaquem suas motos, entendemos que todo agricultor neste plano do agricultor ele pode ter sua moto emplacada, no entanto, também temos o entendimento que nem todo agricultor tem sua carteira de habilitação porque a vida não lhe deu oportunidade de ter leitura a altura, no entanto lhe deu inteligência suficiente para que ele saiba dirigir pilotar uma moto atendendo os sinais básicos de trânsito e também temos a compreensão de que essa é uma região pobre que não é nenhuma metrópole urbana pra se ter as mesmas exigências que as autoridades do Detran querem fazer”, explica o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Nova Floresta, Francisco de Assis Macedo, Chico Menino.

Durante o protesto nesta manhã que paralisou o trânsito na BR 104, em Cuité, os manifestantes lançaram um panfleto reivindicatório justificando que os sindicatos do Curimataú querem sensibilizar as autoridades, em especial o Detran, para a construção de um cadastro de agricultores e agricultoras que utilizam motos no interior da Paraíba levando em consideração que as motos servem de instrumento de trabalho para os trabalhadores rurais e ao mesmo tempo deixaram claro que apoio as ações em favor de blitz que apreendam motos roubadas e que inibam os roubos em geral. “Estamos organizando uma grande mobilização para defender essa questão da regularização das motos dos trabalhadores aqui na região como também protestar contra a questão da segurança que está muito frágil na nossa região aqui do Curimataú como em todo o estado, é necessário que o estado tome as providências e pra isto a população está revoltada e quer providências reais que resolva essa situação porque o transporte de moto é um dos principais veículos que é utilizado pelos trabalhadores rurais de todo o estado”, explica o presidente da CUT, Central Única dos Trabalhadores, Luiz Silva.

Fonte: Stúdio Rural / Programa Domingo Rural via CLICKPICUI

9 comentários:

  1. Quem vai entender o nosso brasil?? O povo brasileiro. Chame a polícia. Mande fazer blitz, MAS NÃO PRENDA A MINHA MOTO, PRENDA A DE FULANO.SOU TRABALHADOR. Mereço ser tratado diferenciado. Sou pobre. Faça racismo comigo. não me prenda sou agricultor, cadê o governo com bolsa CNH, depois da bolsa atleta, bolsa família, bolsa engravidez.
    Isso é uma vergonha, hoje em dia é melhor ser tratado por miserável só para ter direito diferenciados?? rasguem as leis desse país. Se tratar agricultor diferente dos demais, tem que tratar adolescentes também diferente, pelo menos sabemos ler e escrever e podemos dirigir muito melhor que muitos agricultores que compram motos roubadas e de estouros e estão com medo de ser presos. Porque não emplacam no plano do agricultor?? Os sindicalistas só aparece para comer dinheiro dos coitados ou isso é por que é ano de eleição municipal e começou a palhaçada?
    Então vamos permitam que adolescentes também pilotem em cidades pequenas feita a nossa, já que querem terra sem lei, vamos fazer logo bagunça geral.

    ResponderExcluir
  2. comcordo amigo e que eu saiba estrumento de trabalho e facao emchada foice nao moto emgrassado todo rural tem uma moto pra beber cachaça nos botecos do sitio tem bolsa sei la oque do gorverno pra colocar gasolina todo benificio que o governo mostra ele ta em cima ja documentado pra tirar esse benificio mas pra uma abilitaçao e analfabeto pra emplacar uma moto e liso mas quando quebra a perna sabe dar emtrada no siguro do documento da moto e sabe seus direitos ate mesmo melhor que muita gente que estudou

    ResponderExcluir
  3. sera q só os agricultores q tem vez ?? e o resto da população q se f@#&%? é Isso? é uma vergonha se os agricultores tem vez e nós como ficaremos?vcs presidentes sindicais são uma vergonha..não desmerecendo o agricultor mais perante a lei somos todos iguais braços dados ou não !voces presidente sindicais querem ganhar forças ,porque esse ano é ano politico.fale para os agricultores q voces ganham dinheiro (e muito) para apoiar cicrano ou beltrano..

    ResponderExcluir
  4. Senhor que escreveu o primeiro comentário, tome mais cuidado com as suas palavras pois o senhor está denegrindo a todos os agricultores dizendo que eles compram motos roubadas ou de estouros, pois as motos dos agricultores até podem serem atrasadas mais se existe alguma roubado ou financiada são a minoria, só pelo fato deles norarem na zona rural não quer dizer que eles só compram motos roubadas ou financiadas,ja o senhor que escreveu o segundo comentário, o senhor não pode falar que os agricultores são todos analfabetos, pois o senhor tambem não fica atras, pois escreve Habilitação com "a" entre outros erros ortograficos.

    ResponderExcluir
  5. Sou a favor das blitz,se não quizerem ficar sem suas motos que estudem e dêem um jeito de tirar suas CNHs.Parem de se fazer de coitadinhos.Quando se quer justiça para os outros ela tem que começar em casa.Por favor policiais prendam as motos e carros dos irresponsáveis que andam na nossa região sem CNH e sem documentos.Com essas medidas vamos diminuir bastante os acidentes.Se não pode tirar uma CNH que volte a anda de jumento e bicicleta.A justiça tem que ser para todos.Esses movimentos sindicais poderiam estar preoculpados com a grande ameaça que estar se aproximando " A GRANDE SECA " para reinvidicar das autoridades uma extenção das águas que chegam até Jaçanã,para abastecer Nova Floresta e Cuité.

    ResponderExcluir
  6. senhor do 4º comentário, você se contradiz.
    Você diz que alguns agricultores compram motos roubadas ou de estouro. Viu só?
    Você diz que alguns deles possui instrução escolar. E então?
    Qual a desculpa para andar fora da lei? O governo da auxílio estiagem, bolsa isso, bolsa aquilo. E ano de política, agora são o canal dos representantes sindicalistas de venderem os votos dos pobres trabalhadores.

    ResponderExcluir
  7. eu concordo com as blitz,tá mais do que na hora de se resolver o grande problema do transito de nossa cidade,mas tem que ser feita justiça pra todos,porque aqui em picui por exemplo,foi feita uma grande blitz que foi apreendida várias motos, maioria com placa amarela,então tem um monte de moto presa no patio do detran,mas na rua tem mais que o dobro com placa amarela circulando normalmente, fora as que nem farol e pisca tem entao na minha opinião se deixou fulano a pé,tem que fazer mais blitz pra tirar todas de circulação,porque além de atrasadas as motos ainda andam embriagados muitos deles!!!!

    ResponderExcluir
  8. Fico perplexo com a capacidade de argumentação sobre os assuntos políticos que envolvem nosso cotidiano e, mais estupefato ainda com à proporção que determinados temas tomam no contexto social. Quem dera que o maior problema que o governo do estado tivesse para de veras se preocupar fosse o das motocicletas com o licenciamento atrasado. Enquanto o egoísmo social toma conta da opinião publica de nosso estado sobre a moto de quem deve ser aprendida tornam-se cada dia mais escuro quais as ações têm sido feita para melhoria da saúde, da educação e da segurança que não existe de fato em nosso país. Ainda tenho que ler uma opinião no mínimo ignorante de que as motos dos agricultores são roubadas. Parabéns a nossa sociedade, brilhante todos..., pena que essa capacidade impressionante de QI não os faz perceber que o mero interesse é apenas, mas dinheiro para os bolsos dos nossos brilhantes políticos. Alias brilhante a amizade que alguns políticos, policiais e etc. têm com o bicheiro Carlinhos Cachoeira, e parabenizo a CPI que apenas o escalão do PT secretamente tenta controlar os rumos desse caso que como o do mensalão a muito esquecido não vai dar em nada. Gente, a solução é bem simples e ate plausível. O veículo estar com licenciamento atrasado, o condutor sem habilitação, aprende o veículo não importa se é agricultor ou não a final a maquina estatal precisa de recurso para funcionar e assim continuamos a brincadeira, Políticos fingem com pequenas obras que trabalham dão algumas bolsas e continua tudo bem afinal a sociedade não precisa de segurança o nosso nível de educação já é mais do que suficiente e para que investir em saúde se a pior mazela que aflige a nossa sociedade é quase incurável “burrice”. Os governantes têm total direito de nos cobrar que cumpramos os nossos deveres, mas nós apenas temos que observar e acatar seus atos irresponsáveis com nosso..., alias o dinheiro arrecadado com os impostos é nosso ou deles? Bem, não sei. Digamos atos irresponsáveis com este recuso. Em quanto isso nossos brilhantes internautas discutem questões mínimas como a moto de quem de vê ser presa? A resposta! De todos.

    ResponderExcluir
  9. acho que não deve continuar, crescendo o numero de motociclistas e motos sem as minimas condições de trafegar,pois os mesmos colocam as suas proprias vidas e a dos outros em risco, sem falar daqueles que sem o menor conhecimento do que é transito, compram motos sem documentação roubadas, baratas, quase de graça! e saem por aír tomando cachaça.
    provocando acidentes até envolvendo aquelas familias que nada tem a ver com o problema criado, com a facilidade de financiamento e emprestimos que na sua maioria é retirado de um pobre idoso aposentado, onde devia ser investido no seu bem estar.
    esses sindicalistas,agricultores, e pessoas envolvidas deviam se preocupar em educar esses agricultores, e conscientizá-los que para dirigir um automóvel é preciso conhecimento e habilitação,para isso. enquanto isso eles vão andando de bicicletas e seus animais porque antes era assim e tinhamos uma vida melhor sem Roubo, acidentes,e tantas outras mazelas que esse desenvolovimento/atrazo tem trazido.
    por traz de td isso ver lá se não tem uns candidatos querendo votos para as próximas eleições

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.