terça-feira, 5 de junho de 2012

Ana Maria Braga e TV Globo são condenadas a pagar R$150 mil a juíza por danos morais

A apresentadora Ana Maria Braga e a TV Globo foram condenadas a pagar uma indenização de R$ 150 mil a juíza L. V. S. por danos morais. Em 20 de novembro de 2007, durante a exibição do "Mais Você", Ana Maria criticou a decisão de L., que pôs em liberdade Jilmar Leandroda Silva, preso por manter refém e agredir a namorada, Evellyn Ferreira AmorimAssim que foi soltoo rapaz sequestrou a jovem novamente, a matou e se suicidou em sequência.

No programa, a apresentadora afirmou que a morte de Evellyn estava anunciada: "Ele tinha sequestrado a jovem há menos de seis meses. Então a juíza falou: ele tem bom comportamento". Logo depois, Ana Maria chamou atenção para a responsável pelo caso: "Eu quero falar o nome dessa juíza para a gente prestar atenção. Ela, ela, a juíza é L. V. S.".

A decisão, que correu na Justiça de São Paulo no último dia 29 de maio, foi unânime e partiu dos desembargadores Luís Francisco Aguilar Cortez, José Joaquim dos Santos e Neves Amorim. Procurada pelo UOL, a assessoria da TV Globo disse que a emissora não se manifesta sobre ações judiciais em curso. O advogado da Globo, Luiz de Camargo Aranha Neto, não retornou as ligações.


"Esse foi o preço que Ana Maria Braga e a GLOBO terão que pagar por permitir que a apresentadora expusesse a sua indignação que era a mesma de todos os brasileiros sobre o fato. Também sabemos que um preso não deve ser solto apenas por bom comportamento, deve ser levado em conta o seu psicológico e se o mesmo tem chance de colocar outras pessoas em risco quando estiver em liberdade. É fato que em casos que envolva sentimentos o criminoso tem grande chance de voltar a cometer o crime e até com mais violência. Quantos crimes que se enquadram na Lei Maria da Penha não ocorre na nossa região e sempre com o mesmo homem agredindo a mesma mulher ou até nova companheira?
Quantos presos estão nas suas celas ficam quietos, até mudam de religião, começam a pregar a palavra do Senhor no intuito de ludibriar a justiça para conseguir a liberdade e começar a praticar crimes novamente? Os únicos presos que continuam aterrorizando mesmo dentro das celas são aqueles que sabem que não sairão nem tão cedo devido a gravidade de seus crimes e querem com isso mostrar que podem continuar a comandar suas gangues mesmo de dentro das celas.
Quantos presos recebem visitas de pessoas dentro das cadeias de pessoas além do advogado e seus familiares? Quantos adolescentes sem ter nenhum parentesco com os presos adentram nas cadeias e recebem ordens do que fazer aqui do lado de fora?
Infelizmente .......... "

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.