segunda-feira, 16 de julho de 2012

Acusado de engravidar a própria afilhada depois de abuso sexual, está preso.


Por Júnior Campos

Inocente e incapaz de tamanha monstruosidade. Assim se qualificou Roberto Braz da Silva, 43 anos, "Beto tratorista", que está sendo acusado de ter abusado sexualmente de uma adolescente de 12 anos, em Araçagi-PB. Detalhe; a adolescente está grávida de sete meses e é afilhada do acusado.

Beto tratorista se apresentou na delegacia de polícia em Guarabira na manhã desta segunda-feira (16) acompanhado de um advogado, porém, já havia um mandado de prisão expedido contra o mesmo, o que levou o acusado a ter prisão anunciada.

Beto negou a acusação e declarou em sua defesa, que por duas vezes a adolescente o chamou quando estava sozinha em casa e tirou a roupa agarrando-o em seguida. Na segunda investida da garota, conforme o acusado, ele também tirou a roupa, contudo não chegou a acontecer o ato sexual. Beto ainda disse que a acusação se trata de um falso testemunho dos tios da menina.

Beto tratorista foi conduzido para o presídio.


Com Informações complementares do Nordeste1 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.