quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Operação Corte de Palma: Policiais Civis e Militares de Remígio, no brejo paraibano desarticulam boca de fumo.


A aproximadamente uma semana os policiais civis da Delegacia de Remígio vinha recebendo denuncias anonimas dando notícias de uma movimentação atípica na zona rural de Remígio, mas precisamente no sítio palma, onde em certas horas havia grande movimentação de motos e os moradores estavam temerosos com todo esse alvoroço, acreditavam que havia venda de drogas na localidade, após policiais Civis trocarem informações com a guarnição da Rádio Patrulha de SD Leandro e SD Ismael confirmaram que haviam percebido movimentação realmente de meliantes da cidade acostumado com coisas erradas e o uso de drogas na localidade. Após conseguirem informações mais precisas e ficarem sabendo que um dos meliantes havia comprado recentemente um revolver resolveram desencadear na noite desta terça-feira a "Operação corte de Palma".
Aproveitando a ocasião em que se encontrava de plantão o Delegado Regional João Joaldo, de Picuí juntamente com o Comissário de Polícia Luiz Xavier e os militares de plantão da Rádio Patrulha Sargento Jaelson e o SD Leandro
efetuaram a prisão em flagrante delito da dupla ROBERTO ALBUQUERQUE SILVA, com 18 anos de idade, conhecido por “BETINHO” e MARCOS INÁCIO DA SILVA, com 18 anos de idade, conhecido por “MARCOS FACÃO”, ambos residente no Sítio Palmas, zona rural de Remígio-PB. 
Na delegacia de Remígio nos últimos meses já havia abertura de processos contra Betinho por tentativas de homicídio e agressões físicas contra uma companheira, segundo levantamentos preliminares Betinho estava na cidade fugido de João Pessoa, mas precisamente do bairro Valentina, pois era membro da FACÇÃO AL-QUAEDA, e o mesmo estava jurado de morte pela facção Estados Unidos, vindo a se esconder em Remígio a aproximadamente oito meses de onde conseguiu a poio de Marcos Facão o qual desde que recebeu uma indenização da morte do pai começou a dá mais problemas para familiares e vizinhos levando até a sua residência elementos perigosos de Remígio e região.

Eles foram autuados em flagrante por crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma, vez que ROBERTO foi flagrado portando um revólver na cintura no momento da abordagem policial. Foram apreendidos na residência, pedras de crack, arma de fogo, munições, bombas artesanais, e dinheiro “trocado”, além de bolsas de plásticos usadas para acondicionar drogas e aparelhos celulares. Os autuados foram submetidos a exame de corpo de delito e recolhidos na Cadeia Pública de Remígio-PB. A pena pelo crime varia entre 5 a 15 de reclusão(tráfico de drogas). E de 2 a 4 anos de reclusão para o  porte ilegal de arma.

2 comentários:

  1. Ah! se eu pudesse , levaria ele e colocava a disposição dos meninos , amigos dele lá do bairro do Valentina , assim era mais um a seguir o caminho dos infernos . Eles mesmo mandariam ele levar carta ao diabo . kkkkkkkkkkkk , seria ótimo .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MAIS HOMEM SERIA ÓTIMO , BOA IDEIA , VAMOS LEVA-LOS E ENTREGA-LOS AOS AMIGUINHOS DELES .

      Excluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.