sexta-feira, 7 de setembro de 2012

Policiais Militares de Remígio dão um segundo golpe ao tráfico de drogas na cidade; Duas mulheres são presas em flagrante.


Pela segunda vez consecutiva a Polícia Militar de Remígio nas pessoas do SDPM Leandro e SDPM Márcio desarticularam uma segunda boca de fumo, sendo presas em flagrante MARIA DE FÁTIMA PEREIRA BATISTA DA SILVA, mas conhecida por Fátima da Vila do Campo, hoje Conjunto Novo, e  SILVANEIDE PEREIRA DOS SANTOS, conhecida por  “NEGA”. As duas foram presas na sua residência portando 18 pedras de crack, após a constatação da flagrância dos fatos, ambas foram conduzidas para a Delegacia de Barra de Santa Rosa, onde estava funcionando o plantão noturno.
Após verificação por parte do Delegado Plantonista Dr Durval Barros, o mesmo lavrou o flagrante por tráfico de drogas e de imediato solicitou o exame químico das drogas e a apresentação das duas acusadas ao Juiz plantonista solicitando o internamento das acusadas no Presídio Regional Feminino de Campina Grande, já que na nossa região não possuímos cadeia feminina.
Após verificação por parte do judiciário determinou o encaminhamento para o presídio de Campina Grande, aonde deverão permanecer a disposição da justiça.
Vale salientar que tanto Fátima como boa parte de sua família vivia da venda de algumas pedras de crack e do consumo das mesmas.

Você Sabia?? Que cada pedra de crack custa em média R$10,00, e que estas 18 pedras equivale a R$180,00 e o seu peso total foi contabilizado como 1,1 grama?
Ou seja, 1(um) quilo rende na faixa de R$180 MIL REAIS dividida em 18.000 pedras.
Baseado nisso nunca será possível apreender grandes quantidades nas casas de revendedores das drogas, pois o traficante que é precavido nunca deixará levar um prejuízo tão grande.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.