sexta-feira, 21 de setembro de 2012

POLICIAL MILITAR É PRESO EM REMÍGIO POR DISPARO DE ARMA DE FOGO EM VIA PÚBLICA. Motivo: Divergências politicas.

Por volta das 23:00 horas da noite desta quinta-feira, 20, na cidade de Remígio-PB, o soldado da Polícia Militar, SIZENANDO BATISTA NETTO, conhecido pelos amigos como NETO, de 29 anos de idade, efetuou disparos de arma de fogo para o alto, em via pública, motivado por divergências políticas, após um evento de seu partido na zona rural.
Populares denunciaram ao 190 da Polícia Militar, cuja guarnição de Esperança-PB deteve o referido policial logo após bebendo no bar, sendo a prisão observada por diversos populares.  O mesmo foi encaminhado a Delegacia de Plantão de Barra de Santa Rosa-PB, onde o Delegado Regional Dr. João Joaldo Ferreira, autuou-o em flagrante por crime de disparo de arma de fogo em via pública, conforme artigo 15 da Lei do Desarmamento. O crime prevê pena de reclusão de dois a quatro anos e multa, entretanto, por ser afiançável foi arbitrado a fiança no valor de R$ 622,00(seiscentos e vinte e dois reais), contudo, o policial se negou a pagar a fiança, sendo o policial encaminhado ao 10º Batalhão da Polícia Militar de Campina Grande-PB, onde o mesmo ficará a disposição da Justiça de Remígio. Vale salientar que a arma utilizada pelo policial era registrada em seu nome e de uso particular, também foi apreendido o Spray de pimenta que o mesmo conduzia na hora da abordagem.

Para quem não se lembra Neto era a pessoa que o partido adversário tentou lixar dentro da Delegacia de Remígio, onde na ocasião policiais civis tiveram que disparar para o teto afim de evitar fatos piores, devido a esse caso a Juíza da comarca cancelou as carreatas e passeatas na cidade de Remígio.




Reveja Matéria: 

Carreata termina em agressões e continua na Delegacia.


6 comentários:

  1. mais q fiança em? sera q a lei do desarmamento prever uma fiança tao baixa? sera que fosse outro cidadao a fiaça nao seria mutiplicada varias vezes ou pelo fato de ser um PM tem abatimento em fiaça mais vai que tem alguma lei na justiça militar que nao pode aplicar fiança alta!
    justiça para todos..!

    ResponderExcluir
  2. É, se fosse um civil qualquer estava preso ainda mas como é um PM irresponsável já está nas ruas para badernar e colocar a vida de civis em risco.

    ResponderExcluir
  3. A manchete deveria ter outro motivo, pois está equivocada, neto estava com os familiares no carro, quando começou a ser perseguido por homens em uma moto, diria ate ter sido uma "armadilha da "situação" política, provocaram tanto que neto fez exatamente o que eles estavam querendo para manchar a candidatura da oposição, pois o mesmo é da família do candidato !

    ResponderExcluir
  4. Franklin talvez vc possa nos ajudar e verdade oq rola aqui na serra dos brandoes uns boatos que o denilson o cabeçao irar tirar a pena dele ai mesmo em Picui.Por favor nos informe estamos jogados com os boatos a esse respeito.

    ResponderExcluir
  5. É a segunda vez que Neto cai em armadilha da oposição. Eles estão procurando pessoas, e provocando, ameaçando. Quando a pessoa responde como elas querem (com agressões), o senhor Junior cesar, secretario de comunicação, edita materias como essa, e manda para jornais da região. O acusado, é primo do candidato da oposição Chió. Nas pesquisas, ele aprece com 12 % de vantagem. Esta explicada o motivo de tanta perseguição.

    ResponderExcluir
  6. O PM FEZ CERTO,POIS O MESMO VINHA COM O AVô DE UMA REUNIÃO POLITICA QUANDO HOMENS TRANCARAM SEU CARRO,ELE TEVE A REAÇÃO QUE QUALQUER UM TERIA PARA DEFENDER SUA FAMÍLIA.

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.