sábado, 27 de outubro de 2012

Acidente na Rodovia Bandeirantes em São Paulo mata dois e fere três cidadãos de São Vicente do Seridó/PB

Atropelamento deixou mortos na Rodovia dos Bandeirantes (Foto: Reprodução/ TV Globo)Dois trabalhadores morreram na tarde desta segunda-feira (22) em um acidente na Rodovia dos Bandeirantes. Eles e mais três homens que cortavam grama à beira da estrada foram atropelados por um caminhão desgovernado. E o motorista confessou: bebeu antes de dirigir e dormiu ao volante.
O acidente foi na Rodovia dos Bandeirantes na saída de São Paulo. O motorista perdeu o controle do caminhão, saiu da pista, invadiu o canteiro e atropelou cinco trabalhadores que cortavam grama. Três ficaram feridos e dois morreram: Antonio Augusto de Lima, de 57 anos, e Enildo Calixto de Oliveira, de 41 anos.
Dois trabalhadores não resistiram e acabaram morrendo no local:

Antonio Augusto de Lima, de 57 anos, conhecido como Tota de Zé Augusto, morador do Sítio Queimadas, em São Vicente do Seridó – PB;  pai de onze filhos, foi a São Paulo oito dias antes do acidente;









Enildo Calixto de Oliveira, de 41 anos, morador do Sítio Pedra D´água do Umbuzeiro, em Juazeirinho - PB. pai de cinco filhos, faria um ano que estava em São Paulo neste domingo, dia 28 de outubro e pretendia voltar para casa no mês de dezembro.






Três trabalhadores ainda estão internados:
 Ediglei Alexandre da Silva, que está noivo e nesta quarta-feira dia 31 de outubro, fará 28 anos de idade, morador do Sítio Toco Preto, está internado na Santa Casa, no centro da capital paulista. Ele lesionou a bacia.






José Adeilson de Arruda (Dedè), de 24 anos, casado há um ano e meio, sem filhos, estava há oito dias em São Paulo. Ele quebrou o fêmur direito e lesionou o pulmão, apresentando recentemente um quadro de pneumonia. Está internado no Hospital São Vicente, em Jundiaí, a 70 km da capital. O seu quadro ainda é considerado grave.







Francisco de Assis Soares (Chico de Mestre João), de 48 anos, solteiro, residente em Seridó, já está em São Paulo há um bom tempo, veio votar nas eleições de sete de outubro e voltou ao trabalho na capital paulista. Ele pretendia voltar a Seridó em junho de 2013. A vítima está internado no Hospital das Clínicas, em São Paulo. Seu quadro é o mais grave de todas as vítimas. Ele passou por uma cirurgia na cabeça, mas permanece em coma.






com informações do G1 e informações complementares http://www.saovicenteagora.com.br

Um comentário:

Anônimo disse...

isso só acontece aqui no brasil onde as leis são fracas esse motorista amanha ou depois estará de vouta pra matar mais pais de familia ate quando essa injustiça vai continuar?

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.