sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

"Caso Gimaildo" chega a reta final. Um dos acusados é condenado a 18 anos de Cadeia em Picuí/PB

 No dia 06 de setembro de 2009, José dos Santos Silva, mas conhecido por Jean de Cancão, juntamente com Manoel de Zefa tiraram a vida de GIMAILDO DOS SANTOS NASCIMENTO com disparos de arma de fogo no bairro Limeira. No julgamento ocorrido nesta quinta-feira,13, José dos Santos(Jean) assumiu a culpa pela morte de Gimaildo.
No dia do fato Gimaildo acabou entrando em luta corporal com Manoel de Zefa e para ajudar Manoel, Jean puxou uma arma e disparou contra Gimaildo e após Manoel se levantar, este também atirou contra Gimaildo. Segundo informações de populares que acompanharam o julgamento o Jean foi condenado no total de 18 anos de cadeia.
Semana que vem será a vez de Manoel de Zefa ir a juri e receber a sua sentença.

www.setimaregional.com.br
Desculpem a demora em informa este caso mais tanto o google, Blogger e o TJPB estão funcionando precariamente impedindo a agilidade nas postagens e pesquisas.

5 comentários:

Anônimo disse...

mais um crime q naum Ficou em Pune...

Parabéns a promotoria de PICUI!

Anônimo disse...

Será que vai haver justiça e o mesmo vai ser levado para o presidio ou ficar na boa vida olha o tamanho da barriga do individuo,comendo bem.

Anônimo disse...

ele e pra ser cupado pq quem faz ak paga akimemos bandido e pra ta prezo matou vai pras grades

Anônimo disse...

e pra ser cupado matou e pra na cadeia ak se faz a k memso se paga matou e pra ta detraes das crades

Anônimo disse...

Jeãn e um cara trabalhador honesto e gimaildo só morreu por que era muito brabo a família de gimaildo são muitos folgados outro cara que merecer morre e aquele Maro ele e muito folgado por causa de ums otários da aqueles jeãn desgraçou a vida dele mas jeãn e um cara bom ele vai sair logo logo da cadeia.

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.