sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Não vai tirar? A gente Tira. Encontrado corpo no Açude das Queimadas em Remígio/PB

Por volta das 09:00hs desta sexta-feira, 01/02/2013 foi encontrado o corpo do sr.RAIMUNDO JOAQUIM DINIZ, filho de Luís Joaquim Diniz e de Aurélia Belarmino da Silva, natural de Areia/PB, nascido aos 16/11/1961.
Familiares informaram que tiveram contato com Raimundo ontem por volta do meio dia já apresentando sinais de alcoolismo e depois o mesmo foi embora. Por volta das 15:00hs decidiram saber para onde Raimundo havia ido e começaram a procurá-lo para região chegando a tomar conhecimento de que ele havia estado no açude das Queimadas, localizado na zona rural entre Remígio e Arara. Segundo pessoas que estavam consumindo bebidas alcoólicas e um pescador, eles tinham visto Raimundo entrando na água mas não viram quando ele saiu. Familiares procurando ao redor do açude encontraram as sandálias e o boné de Raimundo dentro d'água e resolveram acionar o Corpo de bombeiros para retirar o corpo de dentro da água, após serem informados que seria necessário a confecção de um B.O para ser inciado o resgate se dirigiram até a Delegacia. Após a confecção do B.O receberam a informação de que era necessário mais informação sobre o caso para poderem retirar o corpo, como já passava das 17:00hs o corpo de Bombeiros informou que só poderiam iniciar as buscas no outro dia.
Na manhã desta sexta-feira como não apareceu ninguém no açude para retirar o corpo familiares tentaram novamente entrar em contato e não conseguiram apoio novamente para retirada do corpo resolvendo por si retirar o mesmo pondo em vida as suas vidas, já que não deixariam o mesmo apodrecer dentro d'água.
Ás 14:45hs voltaram a Delegacia de Remígio e comunicaram o resgate que fizeram por volta das 09:00hs mas como os policiais que estavam guardando o corpo não acionaram o Rabecão vieram solicitar o mesmo, sendo acionado o Rabecão da 7ª DRPC para realização da remoção.

Estiveram no local o Comissário Rafael Costa e o Agente Operacional Zé Faustino.
Não houve fotos do local do crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.