sexta-feira, 1 de março de 2013

Juíza decreta prisão de acusados de praticar orgia com criança em Remígio após um dos acusados fugir da cidade na Paraíba.


Severino Matias de Lima (43) conhecido como “Amaral” foi preso nesta sexta-feira (1º), acusado de abusar sexualmente de uma criança de oito anos, junto com outras 14 pessoas, na cidade de Remígio. De todos os envolvidos, outros dois são maiores e estão foragidos, além de oito adolescentes que vão ficar à disposição da justiça e três crianças que não podem responder judicialmente.

Segundo informações do delegado Lamartine Lacerda, a juíza Ana Carmen Jordão decretou a prisão preventiva dos três acusados, sendo que dois deles ainda não se apresentaram à polícia.

Durante a ouvida de um dos acusados na terça-feira, 26/02, o qual ainda agrediu uma equipe de emissora de Campina Grande recebeu orientações de seu advogado após sair da Delegacia para fugir da cidade, com isso o acusado R. passou de suspeito a réu confesso fugindo da cidade. O Delegado Lamartine Lacerda entrou em contato com o advogado após saber dessas informações e pediu para que o mesmo apresentasse o acusado, caso não seja feito dessa forma, o acusado será considerado foragido da justiça já que existe Mandado Judicial contra o mesmo com base nas declarações da vítima.

Em depoimento à polícia, "Amaral" nega todas as acusações.

Lamartine revelou que o menino de oito anos está em um abrigo oficial, fora da cidade, onde recebe acompanhamento psicoterapêutico, apoio do Conselho Tutelar e se encontra em bom estado de saúde. Ele informou ainda que a mãe do garoto trabalha em outro município e também recebe assistência das autoridades para que não sofra represálias ou ameaças.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.