quinta-feira, 7 de março de 2013

Mãe de garoto estuprado em Remígio sofre ameaças por parte de familiares.


Segundo a mãe do menino de 8 anos de Remígio, a mesma sofre ameaças de familiares e moradores da cidade. Uma de sua parente preferia que o menino tivesse morrido do que ter denunciado o caso a polícia porque havia um primo envolvido.
Alguns dos envolvidos para tentar aliviar o lado deles no processo levantaram a hipótese de que o padastro também estuprava o menino.
Na primeira conversa com a criança, o mesmo negou e a mãe também acha muito improvável já que o mesmo passa mais tempo viajando a trabalho.
O Delegado Lamartine Lacerda afirmou que esperará laudo do acompanhamento psicológico no menino e se o mesmo mudará a sua versão sobre a participação do padastro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.