domingo, 10 de março de 2013

Sheyner garante que menor armou cilada


O advogado Sheyner Asfora (foto) denunciou que não passa de armação a denúncia envolvendo Emerson Rondinelle no caso do estupro de uma menor em Pedra Lavrada, conforme relatado neste blog. Leia:
Com relação a notícia "Irmão de prefeito estupra menina e vai preso" publicada em seu conceituado blog, dirijo-lhe os seguintes esclarecimentos na condição de advogado constituído para patrocinar a defesa do Sr. Emerson Rondinelle que NÃO praticou os fatos narrados naquela matéria.
Sim! Importante que se frise que a suspeita que pesa contra a pessoa de Emerson Rondinelle, o qual foi preso no dia 08/03/2013 - por força de um decreto de prisão temporária - sob a alegação de ter o mesmo supostamente estuprado uma menina de 14 anos de idade na cidade de Pedra Lavrada é absolutamente improcedente.
Destaco, por oportuno, que Emerson Rondinelle não esteve na cidade de Pedra Lavrada no dia do fato criminoso noticiado, conforme o mesmo já declinou ao Delegado de Polícia Civil responsável pelo caso, uma vez que se encontrava na cidade de Campina Grande na casa de parentes, tendo, inclusive, frequentado ambientes públicos, a exemplo do shopping center, e mantido contato com várias pessoas durante todo o domingo (dia 03/02), pelo que todos do seu convívio estão indignados com essa injusta situação.
Tudo leva a crer, e é esse o sentimento reinante, que possa estar existindo uma armação contra a pessoa de Emerson Rondinelle. Resta, pois, esclarecer se essa armação tem cunho político ou se é algo pessoal, ou, ainda, se está havendo um grande equívoco e que se espera seja totalmente esclarecido, evitando, assim, que um inocente venha ser penalizado por um delito que não praticou.
Por fim, com o aprofundamento das investigações policiais, a defesa - que já está colaborando para a elucidação dos fatos - apresentará elementos que provará que Emerson Rondinelle não participou do fato criminoso que está sendo objeto de investigação.

Obrigado pela costumeira atenção.
Cordial abraço,
Sheyner Asfora
fonte:http://www.blogdotiaolucena.com.br/post.php?id=15361