quinta-feira, 4 de abril de 2013

Padrasto estupra deficientes e uma delas está grávida de 6 meses em Taperoá/PB


O caso ocorreu no Bairro São José

Um homem foi preso após exames comprovarem que ele estuprou as duas enteadas que são deficientes físicas e mentais. O laudo confirmou que um das vítimas está grávida de 6 meses do padrasto. A prisão do acusado ocorreu nesta quarta-feira (3), na cidade de Taperoá, Sertão paraibano. 
Segundo informações da polícia, a mãe das jovens procurou o fórum local após desconfiar de que uma das mulheres estava grávida. A juíza comunicou o caso a Polícia Civil e uma investigação foi iniciada.
As mulheres, que segundo o Delegado Ariosvaldo Adelino, titular da delegacia da cidade, têm problemas congênitos e vivem em berços, foram encaminhadas para exames no Núcleo de Medicina de Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande e ficou comprovado o estupro e a gestação. 
Após a comprovação do estupro, o acusado foi preso por força de um mandado de prisão preventiva. “Ficamos sabendo que a violência sexual nas vítimas vinha ocorrendo há cerca de seis meses dentro de casa”, disse um policial.

OPIPOCO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.