sexta-feira, 5 de abril de 2013

Pela segunda vez Polícia Civil recupera baterias da operadora OI roubada em Cubati/PB




Equipes da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) da Polícia Civil em Campina Grande apreenderam nesta quinta-feira (4) nove baterias da Operadora Oi, que haviam sido roubadas no município de Cubati (PB).

De acordo com o delegado Henry Fábio, diretores da empresa entraram em contato com a Polícia Civil, informando que o material estava num pequeno comércio de baterias localizado no bairro Rosa Cruz, em Campina. “É que, segundo a empresa, uma das baterias continha um rastreador. Então, nós enviamos uma equipe até o local para averiguar a denúncia”, disse Henry.

No estabelecimento, os policiais da DRF localizaram os equipamentos que seriam da operadora. A maioria delas estava violada, com a marca da ‘Oi’ raspada e coberta por outra logomarca.

O proprietário do estabelecimento foi detido e levado para a delegacia. Um representante da empresa de telefonia também compareceu à sede da 2ª DRPC e reconheceu o material. A Polícia Civil continua investigando o caso.






Operação "Som Roubado" em Cubati apreende baterias de telefonia moveis roubada de torres da Oi sendo utilizada em paredões de som.

 Na tarde deste sábado,26 de janeiro, na cidade de Cubati, equipes da polícia Civil da 7ª DRPC sob o comando do Delegado Titular de Cubati, Alarico Lopes juntamente com com os Agentes de Investigação Itallo Soares e Luiz Carlos com o apoio de duas guarnições da polícia Militar de Juazerinhosob o comando do Tenente Yassaki e representantes técnicos da empresa Oi -Telefonia de  João Pessoa estiveram presente   na cidade devido denuncias e com um longo trabalho investigativo tomaram conhecimento de que alguns populares haviam obtido de meio ilícito baterias das torres de repetição do sinal da Oi da cidade de Cubati e outras regiões.
Após a polícia tomar conhecimento de que nesta tarde seria realizado uma competição de som automotivo na cidade foi preparado a operação "Som Roubado" no intuito de fiscalizar e identificar as baterias que estavam nos veículos. Após vistoria constatou diversos carros com as baterias que foram identificadas pelos técnicos como sendo da Oi-Telefonia e foi dado voz de prisão aos acusado que de imediato foram encaminhados para Delegacia de Cubati para serem tomadas todas as medidas necessárias.
Segundo o que foi repassado pelos técnicos essas baterias são furtadas e utilizadas em veículos de competição de som devido o seu alto desempenho, já que tem maior durabilidade e pode permanecer mais tempo sem preciso recarrega-las.
Segundo o Delegado Alarico Lopes de imediato responderão por receptação de produto furtado/roubado e as investigações continuarão afim de descobrir se existe mais envolvidos.
Ainda de acordo com os técnicos a falta dessas baterias era o que estava prejudicando e tendo as quedas de sinal da telefonia móvel já que para retirá-las o sistema era desligado.
Segundo dados estatísticos na região da 7ª DRPC além da cidade de Cubati, a cidade de Remígio também teve o furto de 4 baterias no ano de 2012. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.