sexta-feira, 26 de abril de 2013

Rádio Sisal de Picuí perde dois apresentadores no mesmo dia.

Vejam a abaixo a despedida que a Dra Fabiana Agra e Ailton Barbosa fizeram em suas contas do Facebook aos internautas e ouvintes.


"

UM LINGUARUDO SE DESPEDE

E pra começo de conversa:

Já disse Adeus muitas vezes, voltei atrás outras tantas e agora digo outra vez. Adeus ao rádio jornalismo que é feito no Brasil, na Paraiba e aqui na nossa terra. Jornalismo com credibilidade e com a pura e simples intenção de formar opiniões independentes já não existe e eu sabia, só não queria dar o braço a torcer. Não ouvia família, amigos,... insistia, acreditava que podia nadar pra sempre contra a maré, engano. Sou apenas mais um linguarudo sonhador. me calo para alegria dos Olivânios, Manassés e uns outros poucos medíocres de plantão. Sou Funcionário Público e nas horas vagas dava minha contribuição ao jornalismo daqui. Paro em obediência a razão. não tenho a intenção de combater nenhum pensamento, travar guerra alguma, me filiar a qualquer lado, o lado meu é o que sou: POVO. Aqui agradeço meus poucos admiradores ouvintes, ao presidente da SiSAL que sempre me facultou a liberdade total na condução do jornal da sisal. Rádio comunitária de verdade, mal usada por alguns, mal interpretada pela mediocridade diminuta desta bela cidade. Falo aqui e falaria olhando nos olhos dos mesmos, que jamais fizeram nada em prol da terra em que nasceram a não ser ficar contra qualquer coisa ou qualquer um que brilhe um pouco mais. Obrigado Dra.Fabiana Agra por abrilhantar o jornal com o MEU FALANDO DIREITO, continue, sei que continuará, pois é de sua índole fazer o bem. Bem que alguns sequer conseguem pronunciar. São de luta, pura e simples, para causar dor simplesmente, pena. Agradeço ao colegas do rádio, os amigos do face e até aos críticos. O quadro político e social de picui inspira cuidados: Inveja, incapacidade, mediocridade, ódio, falta de amor, ateísmo. Tô fora. Só não mudo de picuí, daqui não saio, para alegria de muitos e tristeza de poucos. Garanto que ficarei em silencio daqui em diante, só não digo que nunca mais estarei no rádio porque já disse antes e não cumpri, mas prometo resistir ao máximo. Por hora: um abraço, obrigado, desculpem qualquer coisa... (ói eu falano demai!)"

"
https://www.facebook.com/fabiana.agra

AMIGOS DE PICUÍ

EM DECORRÊNCIA DOS ÚLTIMOS ACONTECIMENTOS ENVOLVENDO A VEREADORA JOZELMA DANTAS, O PRESIDENTE DA CÂMARA DE PICUÍ E A RÁDIO SISAL DE PICUÍ, COMUNICO A TODOS OS OUVINTES DO QUADRO "FALANDO DIREITO", QUE MANTENHO NO JORNAL DA SISAL QUE, A PARTIR DESTE MOMENTO, CESSA A MINHA PARTICIPAÇÃO VOLUNTÁRIA NAQUELA EMISSORA.

É INADMISSÍVEL PARA QUALQUER PROFISSIONAL QUE PRIMA PELA DEMOCRACIA COMPACTUAR COM TAIS PROCEDIMENTOS. SERIA VERGONHOSO EU FALAR EM DIREITO, EM DEMOCRACIA, NA SISAL DE PICUÍ, AO MESMO TEMPO QUE ATITUDES DITATORIAIS NAQUELA EMISSORA ESTÃO ACONTECENDO A OLHOS VISTOS.

DESDE JÁ AGRADEÇO A TODOS A AUDIENCIA E SAIBAM QUE A LUTA CONTINUA, A LUTA NÃO PARA, SÓ MUDA DE LUGAR. QUEM QUISER TIRAR DÚVIDAS É SÓ ENVIAR SUA PERGUNTA À PÁGINA http://www.facebook.com/Falando.Direito, QUE TEREI O MAIOR PRAZER EM RESPONDER.

A TEMPO: AO COMUNICAR Ailton Barbosa SOBRE A MINHA DECISÃO, PARA A MINHA SURPRESA ELE PEDIU PARA PUBLICAR QUE TAMBÉM ESTÁ SAINDO DA EMISSORA SISAL DE PICUÍ.

Fabiana Agra"

E quem perdeu com isso foi a população. Ailton ao apresentar as notícias policiais falava para o povo simples na sua linguagem simples e com o tom revoltante do cidadão de bem, que sempre quer justiça. Justiça essa que no Brasil tá muito longe de ter.

4 comentários:

  1. A democracia incomoda os vermes invejosos que sabem criticar sem oferecer susgestões. Os urubus de rapina se alegram com a carnificina... E, ainda há quem os aplaudam. Não se calem mais cedo ou tarde receberão uma boa recompensa..

    ResponderExcluir
  2. Ainda estou refletindo no desabafo do pseudo jornalista e Oficial de Justiça da cidade de Picuí que se demitiu da Rádio Sisal FM, que carrega o apelido de comunitária. Ainda vou reler as besteiras escritas pelo citado cidadão. De antemão, digo-lhe camarada, que até não posso ter feito nada por essa terra, se agi com mediocridade como você deixa claro, foi para contrariar interesses particulares de pessoas do seu porte, que prega a decência nos microfones e participa de um espaço podre do poder local que só divulga o que interessa aos seus detentores.
    Digo que você vai tarde, e sabe que LOJE lhe proíbe de possui outro vínculo empregatício, a sua postura não é e nunca foi independente junto aquela emissora, e mais agora apresentando o programa da Câmara e bajulando o presidente que a todo instante nega direitos a quem não concorda com sua postura.
    A coisa mais fácil é atacar as minorias, seja oposição ou categoria funcional, difícil mesmo é falar de corrupção no judiciário e questionar um prefeito. Não use as máscaras para justificar o que aos poucos poderia se tornar um problema de ordem profissional, você sabe disso.
    Quando li a sua medíocre e diminuta carta passei a entender a engrenagem das coisas, é só para não desagradar o sistema não é mesmo?

    ResponderExcluir
  3. A unica coisa que o Ailton Barbosa falou aí que eu concordo, foi no final, onde ele disse que falou demais

    ResponderExcluir
  4. É, fala besteira demais!

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.