sexta-feira, 24 de maio de 2013

Municípios não fiscalizam motos cinquentinhas e justiça proíbe Estado de fiscalizar. Juiz de Guarabira manteve o poder de Polícia de fiscalizar no município.


Reprodução
Reboque PM
O Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário da Paraíba (BPTran) e as companhias de Polícia de Trânsito (CPTran) não podem mais apreender veículos ciclomotores, as cinquentinhas. A suspensão se estende a todo Estado, com exceção do município de Guarabira, Brejo paraibano. De acordo com uma liminar concedida pela 4ª Vara da Fazenda Pública de João Pessoa, as apreensões devem ficar sob a competência das autarquias municipais de trânsito.
Segundo informou o capitão Edmilson Castro de Lima, comandante da CPTran de Campina Grande, a liminar foi favorável a uma ação cautelar ingressada por um grupo de pessoas, contra o Estado da Paraíba, que questionou a competência do Estado de apreender as cinquentinhas. “Cerca de 24 pessoas moveram uma ação na Justiça questionando as apreensões realizadas pelo Estado e o juiz da 4ª Vara deu parecer favorável à liminar, determinou a liberação imediata dos veículos retidos e proibiu o Estado de apreender, até que se julgue o mérito da ação. Suspendemos as apreensões das infrações do Código de Trânsito, mas não com relação aos crimes de trânsito”, afirmou.
O comandante do BPTRan, coronel Paulo Sérgio, informou que em Guarabira, um juiz indeferiu a liminar e manteve a competência da CPTran local de apreender os ciclomotores. O Detran disse que não foi notificado.

Parabéns ao Juiz de Guarabira que percebeu o perigo que os condutores desses veículos estavam provocando para sociedade.

Um comentário:

  1. fale sobre o cabra da saveiro vermelha que foi preso ontem a noite agora falta prender a mulher dele que ta traficano droga gimara e divulgue aqi pra genta pais de familia que queremos saber viu

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.