sexta-feira, 31 de maio de 2013

Remígio/PB: Filha acusada de matar a mãe a pedradas é presa em Remígio junto com companheiro que poderia ter ajudado.

Após 9 horas de burocracia Policiais de Remígio cumprem Mandado de Prisão contra dois suspeitos de homicídio.

Foram presos Mariana Albino de Oliveira, com 25 anos e Alteir Gonçalves da Silva, funcionário Federal, com 47 anos.

Segundo os Policiais Militares SDPM Márcio Leandro e SDPM Elcides que participaram do Cumprimento do Mandado de Prisão informaram que o casal havia sido detido por eles no ano de 2010 acusados de matarem a genitora de Mariana, a senhora Helena Albino de Oliveira, com aproximadamente 90 anos, havia sido agredida com pedras até vir a óbito. Mariana na época havia colocado a culpa em sua filha menor de idade com 10 anos, na época e desde então o casal saiu de Remígio e estavam morando na cidade de Esperança e não comunicaram a mudança de endereço ao fórum local.

Mariana Albino encontra-se recolhida na Ala Feminina do Serrotão, Campina Grande/PB. Ainda contra esta consta um processo de 2011, onde Mariana com uma parceira dava golpes em homens idosos, se oferecendo a realizar programas sexuais e durante o ato a parceira roubava pertences da casa da vítima. Veja matéria Operação Viúva Negra.

Alteir Gonçalves encontra-se recolhido na cadeia de Remígio e informou que não protegerá ninguém no dia do julgamento já que quando o fato aconteceu o mesmo estava trabalhando e não poderia ter participado do crime.

www.setimaregional.com.br com informações da Delegacia de Remígio/PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.