domingo, 19 de maio de 2013

Remígio/PB: Polícia Civil cumpre mandados de prisão e solicita prisão preventiva de acusado de roubo.




A equipe do delegado Lamartine Lacerda composta pelos comissários: Luiz Xavier e Franklin Basilio, deram cumprimento a dois mandados de Prisão  e de uma prisão preventiva..
O primeiro a ser preso foi Alexandro Cardoso da Silva, mas conhecido por Índio Bebo, residente no sítio gravatá-Açu, pelo crime de furto praticado em 2008 e que estava cumprindo pena no regime aberto, mas devido as faltas no fórum, ao seu comportamento com o álcool desobedeceu as ordens e seu regime retrocedeu para fechado.
O Segundo foi Clécio Valdevino, mas conhecido por Kriu, 26 anos, residente no bairro Gibão, condenado a cumprir regime fechado por furto ocorrido em 2009. Kriu ainda responde processo no regime aberto em Campina Grande/PB.

O terceiro caso é de Carlos Alberto, mas conhecido por Porquinho com diversas entradas quando adolescente, mas que depois passou agir como "apontador" para realizações de roubo em Remígio, o último foi a um comércio no bairro Freitas em Remígio, próximo ao lar dos idosos.
Segundo testemunhas Carlos Alberto passou em uma moto em alta velocidade com o individuo que havia acabado de roubar o estabelecimento comercial sentido Arara/PB, após confrontar Carlos Alberto o mesmo disse que estava o dia todo na cidade de Arara, trabalhando na lavoura com seu pai, mas o seu genitor caiu na contradição e afirmou que seu filho passou pela rua em que as testemunhas falaram, mas sendo que a pé. Diante dos fatos a autoridade policial, Lamartine Lacerda solicitou a prisão preventiva de  Carlos Alberto até o fim das investigações.










Toda forma de compartilhamento via rede social: Facebook, Twitter, Google+, Orkut é permitido e temos canais para este tipo de serviço. O plágio e a copia sem autorização de matéria no todo ou em partes é apenas liberado para emissoras televisivas e jornais impressos.
Aqueles que copiam e colocam em outro domínio a fim de conseguir público está realizando ato ilegal e punível em lei.
Quem quebra esta regra responde criminalmente por roubo de propriedade intelectual e desvio de monetização.
Art. 184CP violação de direito autoral- §1º- reclusão de 2 a 4 anos, e multa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.