terça-feira, 27 de agosto de 2013

Professora morre após ser atingida por Linha com cerol na Paraíba.


Uma professora da rede estadual de ensino, identificada como Cândida de Nazaré da Silva, 35 anos, morreu após ser atingida por uma linha com cerol na Ponte do Baralho (Ilha do Bispo), localidade que liga João Pessoa a cidade de Bayeux. A vítima teve um corte no pescoço e caiu no chão.
 Um morador que mora próximo ao acidente disse que a senhora estava conduzindo uma motocicleta quando foi atingida pela linha da pipa. Moradores da região chegaram a chamar o SAMU para  socorrê-la, mas ela não resistiu ao ferimento e faleceu no local.
 O perigo do cerol




O Cerol é uma mistura de cola com pequenos pedaços de vidro moídos que posteriormente são aplicadas às linhas de pipas com a finalidade de cortar a linha de outras pipas adversárias em uma batalha para ver quem pode mais.
As linhas com cerol possuem uma enorme capacidade de corte e provocam ferimentos profundos que são potencialmente mortais quando atingem a região do pescoço, e quando não mata, deixam sequelas terríveis em suas vítimas.
Ainda existe o Cerol feito com pó de Alumínio muito mais letal.
Imagens da Internet.

2 comentários:

  1. Assassino.O pai q deixa seu filho brincar com uma arma dessas é um assassino e torna seu filho irresponsável e outro assassino.Coitada perdeu a vida e muitos ainda vão perder se esse brinquedo assassino não for proibido.

    ResponderExcluir
  2. Isso é por que não existe fiscalização!! Absurdo!! Tem que ser Brasil !! Pais que dá direito a bandidagem e corrupção!! Cadê as leis que possam nos ajudar a diminuir situações principalmente como essa!! Por isso eu digo.. É Brasil.. !!!

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.