quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Balanço geral das ocorrências na área da 13ª AISP(7ªDRPC) - Homicídios, Execuções e agressões a policiais.


Flagrante em Baraúna- tentativa de Homicídio
1 - Dia 31/08/2013, foi preso em flagrante JOSÉ IVAN DA SILVA OLIVEIRA, pela tentativa de homicídio de SANDRA MARIA CRUZ OLIVEIRA, fato ocorrido na cidade de Barauna/PB. O acusado já se encontra recolhido na cadeia pública de Picuí/PB.

Flagrante em Pedra Lavrada- Maria da Penha
2- Dia 31/08/2013, foi preso em flagrante SEBASTIÃO DA SILVA SANTOS, após ter lesionado sua companheira na cidade de Pedra Lavrada, tendo sido conduzido até a Delegacia de Plantão pelo policiais Militares da cidade. O autuado encontra-se em liberdade por força de pagamento de fiança e responderá ao processo em liberdade.
Execução em Padra Lavrada- Ex-apenado de Parelhas é executado por grupo de pistoleiros.
3 - Dia 01/09/2013, por volta das 02:40 h, o ex-presidiário JACKSON BEZERRA DE SOUZA LIMA, foi executado com disparos de arma de fogo, a vítima foi encontrada em sua residencia no Sítio Salgadinho, zona rural de Pedra Lavrada/PB. O fato foi noticiado para Delegacia de Plantão de Picuí/PB e o corpo foi levado para o UML de Campina Grande/PB e sepultado na cidade de Parelhas/RN.




Detidos acusados de agredir policiais em Baraúna/PB
4 -  Dia 02/09/2013, na madrugada de Domingo para Segunda, na cidade de Barauna/PB, policiais militares desta cidade ao procederem abordagens na boate local, foram agredidos e desacatados por cinco homens, FABIANO, ADENILDO, ERICK, JARBAS e JOAZIEL, os mesmo estavam embriagados causando desordem. Na madrugada foram conduzidos até a Delegacia de Plantão FABIANO e ADENILDO, os quais após firmarem termo de compromisso e foram liberados. Na manhã da segunda, outros dois foram trazidos pela guarnição, JARBAS e ERICK, e se apresentou espontaneamente JOAZIEL, todos tês firmaram termo de compromisso e foram liberados. Os cinco responderam a processo pela desobediência, desacato e lesão corporal.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.