terça-feira, 17 de setembro de 2013

Polícia Militar empurra viatura durante perseguição e conseguem prender acusado de roubar lotérica no sertão paraibano.



Um fato lamentável foi registrado nas primeiras horas desta terça-feira (17), na cidade de São João do Rio do Peixe, onde policiais tiveram que empurrarem em plena via pública uma viatura que quebrou durante uma ocorrência policial de furto contra a Casa Lotérica daquela cidade.

Mesmo com a grande falta de estrutura, os policias agiram rápido e conseguiram prender o acusado, o paulistano Anderson Osmar, 34 anos.

A Ação Policia:

Em uma ação rápida a polícia militar da cidade de São João do Rio do Peixe no Sertão da Paraíba, conseguiu prender o paulistano Anderson Osmar, 34 anos, acusado de ter invadido e tentado furtar a Casa Lotérica Boa Sorte, localizada no Centro daquela cidade.

Conforme informações, por volta das 02h desta terça-feira (17), os militares foram acionados através da Central de Alarmes da lotérica. Imediatamente uma guarnição se deslocou ao referido estabelecimento comercial, onde encontrou o acusado ainda no interior da lotérica, que ao perceber a presença da força policial tentou fugir pulando os muros da vizinhança, mas em uma ação rápida conseguiram localizar e prender o acusado escondido no interior de uma residência. Na fuga o acusado se desfez de um malote que tentava levar, mas resolveu jogar fora, sendo encontrado posteriormente pelos policiais.

Com o acusado os policiais encontraram uma quantia de 200 reais, além de descobrir um veículo Voyage de cor vinho, placa HVD 0459 com inscrição de Pacajus no Ceará, que estava estacionado na saída para Cajazeiras e provavelmente seria utilizado na fuga após ação delituosa. No interior do veículo foram encontradas algumas ferramentas, documentos, roupas entre outros objetos.

O acusado juntamente com os objetos apreendidos foram levados à delegacia da cidade de Cajazeiras para serem adotadas as medidas legais que requer o caso.

fonte: Sertão Informado
Foto: Cofemac

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.