quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Políciais desarticulam duas quadrilhas de assaltantes em Campina Grande


As polícias Civil e Militar desarticularam duas quadrilhas que estavam cometendo assaltos a estabelecimentos comerciais e invadindo residências em Campina Grande, nos últimos meses. O primeiro grupo foi preso na última sexta-feira (18) e o segundo, na tarde dessa terça-feira (22). Ao todo são quatro maiores de idade e cinco adolescentes, suspeitos também de cometer assassinatos na cidade.
A prisão da segunda quadrilha aconteceu durante rondas da Polícia Militar pelo bairro do Monte Santo. De acordo com o comandante do 2º BPM, tenente-coronel Souza Neto, os acusados estavam em veículo Golf de cor preta e tentaram escapar de uma abordagem. A PM empreendeu fuga e conseguiu alcançar os suspeitos, que estavam com uma espingarda calibre 12, uma pistola calibre 380 e três revólveres calibre 38.
O grupo foi preso sob acusação de porte ilegal de armas, mas a Polícia Civil já tinha as informações de que a quadrilha é responsável por assaltos a estabelecimentos comerciais, invasão de residências e homicídios.
- Nós reunimos fotos, nomes e relatos de vítimas sobre esses indivíduos e estávamos no Fórum judicial, solicitando a prisão deles. Recebemos a informação de que a PM havia prendido o grupo em flagrante nessa abordagem, o que foi muito bom para tirarmos mais rapidamente essa quadrilha de circulação –, disse o delegado seccional em Campina, Iasley Almeida.
Foram presos Edilson Rodrigues da Costa e João Batista de Oliveira, além de apreendidos três adolescentes. De acordo com as investigações da Polícia Civil, o homicídio registrado na tarde dessa segunda-feira (21), no bairro da Ramadinha, foi cometido pelo bando, assim como o assalto a um bar no Açude Velho. Algumas pessoas que tiveram suas casas invadidas já reconheceram os membros do grupo como os autores dos crimes.
Prevenção – Ainda durante a abordagem, a polícia descobriu que a quadrilha pretendia invadir o bairro do Pedregal para assassinar alguns desafetos. “É resquício ainda de uma antiga guerra pelo tráfico existente naquela comunidade, protagonizada por duas quadrilhas rivais”, explicou Souza Neto.
Crimes em Pernambuco – O acusado Edilson Rodrigues da Costa é procurado pela polícia de Pernambuco, onde o Poder Judiciário expediu dois mandados de prisão com a determinação de capturá-lo, sendo um por homicídio qualificado e outro por tentativa de homicídio.
www.setimaregional.com.br com informações da Regional de Campina Grande/PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.