segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Ex-presidiário atira contra duas pessoas em partida de futebol e tem a sua arma tomada e é revidado por parente de uma das vítimas; Dorgival morre no local

Na tarde deste sábado 23, em São Vicente do Seridó, mais precisamente no Sítio Alto Umbuzeiro, o ex-apenado, Dorgival Pereira Dias, conhecido por “Criatura”, de 29 anos que também estava jogando futebol, subtraiu uma arma de fogo de um suposto colega que estava próximo ao campo.

Dorgival teria então efetuado disparos que atingiram duas pessoas, dentre elas um adolescente de 16 anos que também participava da partida e sofreu um tiro de raspão no braço esquerdo, juntamente com o arbitro da partida que ficou com uma bala alojada no ombro direito.

Segundo informações, após o arbitro da partida ser atingido no ombro, o seu irmão partiu para cima de Dorgival e ao tomar a arma disparou contra o mesmo, vindo a falecer no local e em seguida evadindo-se do local.

A arma do crime, um revolver calibre 38 com cinco munições deflagradas, foi apreendida e apresentada ao Delegado Plantonista, Dr. João Joaldo, da 13ªAISP- Picuí.

Dorgival já havia sido preso no ano de 2011, reveja a matéria.

Preso dupla em São Vicente do Seridó/PB; acusados: Dorgival Dias Pereira e Jucélio Félix de Lima



Nesta quarta feira dia 14/09/2011 a polícia militar de são vicente do seridó no curimataú paraibano, recebeu uma denúncia que dois elementos estava arrombando a residência de um aposentado.


A polícia militar saiu em diligência até o local e deparando com os meliantes que além de arrombar a casa do aposentado atentaram contra a vida do mesmo. 
No comando do CBPM J.Queiroz, comandante do destacamento os dois acusados
Dorgival Dias Pereira  e Jucélio Félix de Lima, moradores da rua do tiro em São Vicente do Seridó/PB
Os acusados estão prestando depoimento na Delegacia de CUBATI PB e logo em seguida serão encaminhados para cadeia pública de Soledade/PB
fonte: Cubati é notícias com informações da delegacia de Cubati/PB

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.