sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Paraíba é o segundo em número de mortos de motociclistas do País.

A Paraíba é o segundo Estado no país que mais registra morte de motociclistas, no que se refere ao percentual do total de óbitos por acidentes de trânsito, já que do universo de 606 pessoas que morreram no trânsito, 396 eram condutores de moto, o que representa 65,3% do total de óbitos no trânsito.

Com esse percentual, a Paraíba só perde para o Piauí, que teve 69,6% de participação de motociclistas dos óbitos no trânsito.

Os dados fazem referência ao ano 2011 e estão contidos no Mapa da Violência 2013: Acidentes de Trânsito e Motocicletas, divulgado ontem(21).

O estudo foi desenvolvido pelo sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz com o apoio da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (FLACSO) e do Centro Brasileiro de Estudos Latino-Americanos (Cebela), que utilizou como principal fonte o Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde.


Além disso, nas considerações finais o estudo constatou que “apesar de avanços recentes na formulação de mecanismos de enfrentamento, principalmente na legislação – regulamentação e profissões que usam motocicletas, endurecimento das penalidades e da fiscalização da alcoolemia, processo de municipalização da gestão, etc – escassos são os resultados que podemos observar nos números: continuam aumentando.

Sem pôr dúvida à eficiência dessas medidas, fica claro que são ainda insuficientes”.

JPOnline

A pesquisa não mostra o número de motociclistas que pilotavam sem habilitação ou sem equipamentos de segurança. Vale salientar que o estado da Paraíba tem a maior frota de motocicletas irregulares chegando a quase 50 % do total de veículos em circulação, sem contar o número de amputados que cresce assustadoramente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.