quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Triângulo amoroso acaba em morte na cidade de Araçagi

Um crime passional, registrado no início da madrugada desta quinta-feira (07), na cidade de Araçagi, no Brejo paraibano, movimentou a área policial e mudou a rotina de amigos e parentes de um jovem de 26 anos de idade.
201311070233370000002067Em entrevista, a jovem Juliana Carlos de Oliveira, residente na rua Maria Batista, no Conjunto Santo Amaro, em Araçagi, disse que tudo começou quando o seu ex marido, identificado como Ronaldo Salviano Barreto, 26 anos, se desentendeu com um homem até agora identificado como Djair, também residente em Araçagi, e foi golpeado com uma facada no no coração.
Juliana, que estava voltando a se encontrar com o seu ex marido, tentando uma reconciliação, disse ainda que no passado teve um relacionamento com Djair, e isso despertava os ciúmes de Ronaldo. Por volta da meia noite, ao chegar na casa da jovem, Djair encontrou Ronaldo e começou o desentendimento. Djair teria saído correndo e Ronaldo o teria perseguido com uma faca na mão. Ao ser alcançado, Djair também teria sacado uma faca e atingido Ronaldo bem no peito, atingindo o seu coração. A vítima caiu agonizando e morreu antes mesmo que o socorro chegasse ao local.
De acordo com as informações repassadas à polícia, por populares, após cometer o crime, Djair abandonou a sua moto Honda Fan, preta, e fugiu com a ajuda do seu irmão, identificado como Edmilson, num veículo Saveiro, de cor preta.
A PM fez várias diligências e conseguiu localizar o veículo Saveiro, abandonado no Assentamento Santa Lúcia, o município de Araçagi.
Ronaldo era irmão de Rogério Gás, figura bastante conhecida em Araçagi, que inclusive foi candidato a vereador nas últimas eleições municipais. Segundo Rogério Gás, o seu irmão era um rapaz de bem, porém muito mulherengo.

Portal Araçagi

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.