terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Homem que matou a ex-mulher na cidade de Prata/PB é preso na zona rural; O acusado era proibido da justiça de chegar perto da ex-companheira.

("Xaxado": preso pela PC no cariri paraibano)
Rivicleide Herculano Guimarães, o “Xaxado”, de 37 anos, acusado de matar a ex-mulher na cidade de Prata, cariri paraibano, na tarde deste domingo (01/12), acabou preso no final da tarde desta segunda-feira (02) em um sítio no município de Ouro Velho, também no cariri.
A polícia civil chegou ao acusado através de denúncias anônimas.
“Xaxado” estava no sítio “Boa Vista dos Marques”.
A ação foi realizada pelos delegados, Gilson Duarte, Cristiano Brito e Yuri Givago.
O acusado ainda tentou fugir, mas foi impedido.
Em depoimento a polícia, ele confessou que não se conformava com a separação.




O Crime
Maria do Rosário, 40 anos, foi assassinada com dois tiros de revólver dentro da casa onde morava.
O crime aconteceu no domingo por volta das 13h30 e foi presenciado por duas filhas menores.
Rosário tinha se separado de “Xaxado”, havia alguns meses.
O fim do relacionamento foi o “estopim” para o homicídio.
Rivircleide não teria aceitado essa situação, além disso, sentia muito ciúme da mulher.
Por determinação judicial, o acusado tinha que se manter distante dela, por pelo menos um quilômetro.
A arma utilizada pelo assassino pertence a um tio dele que é oficial de justiça.
“Xaxado” pegou a arma sem que o tio tivesse visto.
Ele é mototaxista e “locutor de carro de som”.
(Com informações de monteiroonline)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.