quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Jovem de 15 anos morre enquanto pilotava moto em são Vicente do Seridó/PB. Até quando os pais serão negligentes?

Jovem de 15 anos morre quando estava pilotando uma moto. de quem é a culpa? Da jovem  ou dos pais pela negligência?

No início da manhã desta quinta feira 05, por volta de 6h40min, um grave acidente de motocicleta na zona rural do município deixou uma vítima fatal e outra ferida.

De acordo com informações apuradas pelo saovicenteagora.com.br uma adolescente pegou carona na motocicleta de uma amiga, também adolescente, ambas com 15 anos de idade, com destino à Escola Municipal Damião Zelo, no centro da cidade, onde ambas estudavam. A vítima fatal cursava o 7ª ano.

Ao passar pelo Sítio Lagoa, zona oeste do município, distante 8 km do centro da cidade, perderam o controle do veículo e bateram frontalmente em uma árvore. A adolescente Adeilma dos Santos, conhecida como Nina, que conduzia a motocicleta, faleceu na hora. Ela apresentava sinais de traumatismo cranioencefálico (TCE).

Nossa reportagem chegou ao local minutos depois do acidente e acionou o SAMU (Serviço Atendimento Móvel de Urgência). Um Conselheiro Tutelar prestou assistência à estudante que estava ferida enquanto chegava o socorro hospitalar. 

Em seguida chegou uma equipe do hospital da cidade, composta pela enfermeira Ana Claudia, a socorrista Suzana Dirley e o motorista Ubiratan Cordeiro, que prestaram os primeiros socorros à jovem que estava ferida, enquanto aguardavam a chegada da viatura do SAMU de Soledade, pois a Unidade de São Vicente do Seridó encontra-se em manutenção.

A estudante ferida, que vinha de carona na motocicleta, foi socorrida para o Hospital de Trauma Dom Luis Gonzaga Fernandes, em Campina Grande - PB. Ela apresentava lesões nos braços e na perna esquerda, porém estava consciente e não corre risco de morte.

Adeilma dos Santos de 15 anos morreu logo após o acidente
(Foto gentilmente cedida pela família ao São Vicente Agora)

 Matéria e fotos do site: São Vicente Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.