sábado, 21 de dezembro de 2013

Presidenta Dilma Rousseff quebra lei de trânsito e não é multada. Isso abre precedente para o cidadão comum?

Flagrada em uma avenida de Porto Alegre, na tarde desta sexta-feira, cometendo uma infração de trânsito, a presidente Dilma Rousseff pediu desculpas ao País, pouco depois, em várias mensagens em sua conta no Twitter. A presidente deixou seu apartamento, no final da tarde, passou na casa de sua filha Paula e, de lá, seguiu para a residência de seu ex-marido Carlos Araújo. A certa altura, baixou o vidro do banco traseiro do carro oficial - e nesse exato momento foi flagrada pelo fotógrafo Ricardo Duarte, da RBS, com seu neto Gabriel no colo - o que não é permitido pelas regras de trânsito.
Presidente pediu desculpas pelo erro por meio do seu Twitter - Reprodução
Reprodução
Presidente pediu desculpas pelo erro por meio do seu Twitter
"Estive hoje na casa da minha filha e, de lá, levei meu neto à casa do avô, que fica no mesmo bairro", esclareceu a presidente em sua primeira mensagem pelo Twitter. Pouco depois, acrescentou: "Meu neto foi abraçado comigo no banco de trás. Foi um erro"
Na terceira mensagem, explicou a falha: "A legislação de trânsito é clara: criança tem que andar na cadeirinha. Peço desculpas pelo erro."



Desculpas via Twitter ou qualquer rede social, antes da multa serve como justificativa para não ser multado?
Carro oficial pode ser multado?
E agora? O cidadão comum tem os mesmos direitos, ou a lei é só para pobres mortais?
foto:Foto: Ricardo Duarte/RBS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.