quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Preso Adolescente que comandou séries de arrastões em Campina Grande, dentre eles o da doceria La Suissa.



(Acusado zombava das vítimas)
Equipes da Delegacia de Roubos e Furtos de Campina Grande apreenderam em flagrante, um adolescente de 17 anos, acusado de liderar uma quadrilha de assaltantes que vinha realizando uma série de arrastões em restaurantes e bares da cidade nos últimos dias. Estre os alvos estão dois estabelecimentos no Centro (um restaurante na Irineu Joffily e um bar na Miguel Couto) e dois  no bairro Catolé (um “espetinho” e um restaurante).
A apreensão dele ocorreu nesta quarta-feira (18/12), na Rua Pará, Bairro Liberdade.
Ele confessou os crimes aos delegados Henry Fábio e Danilo Orengo, além disso, não se incomodou em zombar da polícia, nem de suas vítimas.
“Ele é de extrema periculosidade, é violento e frio. Ele ficava com a arma apontada para os clientes na maioria das vezes. Ele também se encarregava de humilhar às vítimas com frases debochadas e era metido a engraçadinho”, disse Henry Fábio.
O delegado afirmou ainda que se prevalecendo da condição de adolescente, ele simplesmente zombou de sua captura dizendo que era menor de idade e nada iria lhe acontecer”.
E o adolescente infrator tem razão:
Em setembro ele foi apreendido por assalto em uma loja de material de construção, o que lhe custou uma estadia no Lar do Garoto em Lagoa Seca.
No inicio de novembro foi liberado.
Por sua vez, o delegado Danilo Orengo relatou que o infrator garantiu, num “tom” irônico, que antes do carnaval vai estar solto.
Danilo disse também que o restante da quadrilha já foi identificada e que alguns membros não moram em Campina Grande.
“Estamos diligenciando no intuito de capturar os outros comparsas, mas o cabeça é este menor que se sente protegido pela idade. Na casa dele foram encontrados vários objetos pessoais das vítimas. Ele foi reconhecido e muitas delas chegaram a chorar. Ele mesmo confessou os crimes.”
Reportagem de Renato Diniz - http://www.renatodiniz.com/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.