quarta-feira, 2 de abril de 2014

Bandido tenta fazer arrastão em Remígio e leva a pior no final. Polícia prende.

(Derivaldo: "eu saí enquadrando, mas foi a primeira vez")

Na noite desta terça-feira (01/04), Derivaldo Tomás dos Santos, 25 anos, assaltou uma lanchonete de Djalma no centro de Remígio levando consigo Dois celulares e uma quantia de R$50,00, o danado foi tão bonzinho que devolveu o chip de uma das reféns e em seguida pegou a sua moto e partiu para o próximo alvo, o posto de gasolina MasterGás, localizado na saída da cidade e após mandar o frentista abastecer a moto o mesmo anunciou o assalto levando consigo mais R$200,00, enquanto isso as vítimas do primeiro assalto comunicaram a Guarnição da Rádio Patrulha  composta pelos SD PMs Ismael e Leandro que de imediato começaram a procurar o acusado pela cidade. Quando chegaram próximo ao posto os frentistas mostraram o acusado que havia assalto o posto e ao perceber a chegada da PM DERIVALDO pegou a sua arma e apontou em direção a PM tentando disparar, nesse momento a polícia revidou vindo a ferir a perna do bandido, ao verificar a arma dele foi constatado que as munições havia pinado. O acusado foi encaminhado ao Hospital do Trauma onde passa bem e pronto para ser encaminhado a Cadeia de Remígio.
Esta ação aconteceu por volta das 23h00 em Remígio, agreste paraibano.



Em poder dele a PM encontrou celulares roubados, dinheiro, um revólver calibre “38” e a motocicleta.
Derivaldo confessou a reportagem da Patrulha da Cidade/TV Borborema que realmente praticou os assaltos.
“Eu enquadrei o pessoal na lanchonete e enquadrei o cara do posto, mas foi a primeira vez. Num tem emprego e foi fraqueza minha. Eu tinha tomado umas...”.
www.setimaregional.com.br com adaptações de RenatoDiniz e Delegacia Local

Um comentário:

  1. Esse santinho aí,é o mesmo que assaltou aqui em Nova Floresta,esse momento de fraqueza dele tava rendendo bem! safado;

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.