quinta-feira, 19 de junho de 2014

Procurador diz que João Pessoa é “um prostíbulo a céu aberto”

João Pessoa é um prostíbulo a céu aberto”. Foi o que disse, ontem, o procurador do Trabalho, Eduardo Varandas, por conta do alto número de adolescentes e jovens que são explorados sexualmente nas ruas da Capital.
Este ano, de acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Social, foram registrados 78 casos de abuso e 28 de exploração sexual na cidade.
Para o procurador, é preciso que haja fiscalização e ações eficazes para combater o problema, com planejamento e trabalho articulado, e não apenas quando o crime for denunciado. Para estimular as denúncias e, em razão dos eventos que acontecem no País, como a Copa do Mundo, foi lançada ontem a campanha ‘Torça contra a exploração sexual’, em  um restaurante da Capital.
Leia matéria completa na edição desta quinta-feira (19) do Jornal Correio da Paraíba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.