terça-feira, 29 de julho de 2014

Bode na Rua em Gurjão/PB termina com tumulto, briga, chuva de litros de bebida e até assalto a mão armada

A 15ª edição da Festa Bode na Rua em Gurjão, foi marcada pela violência e desorganização, segundo o presidente da Câmara de Vereadores Edvan Santos. O evento é um dos mais tradicionais do Cariri Paraibano, inclusive presente no calendário oficial de eventos do estado.

A noite deste domingo (27), foi marcada pela violência que tomou conta da festa, após a apresentação da Banda Karkará e a ausência da atração principal, o cantor Gabriel Diniz, que foi aguardado por mais de três horas e não subiu no palco, provocando a revolta do público que promoveu uma verdadeira chuva de litros de bebida, que foram atirados no palco e para todos os lados, ferindo as pessoas e provocando mais brigas e tumultos que se espalharam por todo o local da festa. Além disso, ainda foram registrados assaltos à mão armada.

Segundo Edvan, os organizadores do evento estavam visivelmente embriagados e não tiveram como dar uma satisfação ao público, gerando muito mais confusão. "Foi notório o total desequilíbrio da equipe que coordena o evento, com sintomas de embriaguez, não souberam tomar uma atitude sensata, no sentido de tomar providencias plausíveis para diminuir o caos que estava instalado, um locutor que não sabia o que dizer ou fazer, inclusive determinando que o povo "ficasse calado", mesmo com o total desrepeito que o povo já estava passando, mantiveram uma multidão por mais de três horas, exposta ao sereno e a chuva, sem comunicar os reais motivos da falta do artista".

Confira a postagem de Edvan em sua rede social



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.