sábado, 26 de julho de 2014

Gangue que assaltou banco no sertão paraibano tinha policial Militar envolvido.
















A polícia militar prendeu, na noite desta sexta-feira (25), na zona rural de Livramento três envolvidos no roubo a agência bancária da cidade.

O Cabo da PM de Campina Grande/PB preso acusado de envolvimento da explosão do Bradesco de Livramento é Clodeildo da Silva Moreira; atualmente trabalhava na base da PM no bairro de José Pinheiro. Durante a ação, os policias conseguiram recuperar parte do dinheiro.

Junto com os suspeitos também foram encontrados um carro e uma motocicleta que foram roubados, várias armas, munição, grampos e o veículo Corsa Classic de placa NQB-7194 Sapé-PB.
Os presos foram levados para a Delegacia de Taperoá onde vão prestar depoimento. Policiais estão fechando o cerco na região de Livramento a fim de capturar os outros envolvidos no crime.

Erinaldo José da Silva, de 27 anos, Ricardo Pereira do Nascimento, 29, e o cabo da PM Clodeildo da Silva Moreira foram presos após um cerco realizado em um sítio localizado na Zona Rural do município.

A Polícia Civil recebeu a informação de que seis suspeitos de terem praticado o crime estavam acampados em um sítio da zona rural do município. “Com apoio das viaturas de Taparoá e Assunção, foi realizado um cerco a uma residência no local, onde já de início os policiais encontraram cédulas queimadas, grampos e restos de comida, conseguindo prender dentro da casa o policial militar envolvido e mais dois suspeitos. Um quarto acusado que estava com eles conseguiu fugir quando percebeu a chegada das guarnições policiais”, contou Tenente Arimateia.
fonte: PBAgora, AgoraPB




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.