quarta-feira, 9 de julho de 2014

Justiça manda soltar policial que reagiu a assalto no Parque do Povo matando infrator. Policial ainda responderá pelos tiros.

O juiz Falcandre de Souza Queiroz do 1º Tribunal do Júri de Campina Grande determinou a soltura do policial que reagiu a um assalto e matou um assaltante na madrugada de segunda-feira (07/07) na saída do Parque do Povo.
O Alvará de Soltura tem data desta quarta-feira (09).
O PM estava recolhido ao Quartel desde o dia do caso.
O Pedido de Liberdade Provisória foi uma solicitação do advogado Gilberto Aureliano.


COMO ACONTECEU
O assaltante, de 16 anos, que morava no sítio Luna, em Queimadas, morreu vítima de tiros, após assaltar o policial militar que reagiu.
Com ele foram encontrados um revólver calibre “32”, o celular, um canivete e a carteira do PM, além de outros objetos, possíveis frutos de roubo e furto.
O caso ocorreu na saída do Parque do Povo, na esquina das Ruas Sebastião Donato e Treze de Maio.
A mãe do adolescente disse que o filho já havia sido apreendido por roubo de moto e sempre estava acompanhado de “amigos” saindo para vários lugares.
fonte: RenatoDiniz

2 comentários:

  1. Tadinho do bandido... Parecia um santinho do capeta! Parabens ao policial. Bandido bom, e bandido morto! Senhor Juiz, parabens tambem pela atitude de mandar soltar o PM

    ResponderExcluir
  2. Parabéns para o juiz e ainda mais para o policial .

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.