quinta-feira, 10 de julho de 2014

Polícia Identifica corpo esquartejado e queimado em Campina Grande/PB

Identificada a mulher encontrada morta no sábado (05/07), em um galpão abandonado, na Rua João Maurício de Menezes, no bairro Monte Santo, em Campina Grande.
Trata-se de Jussara Paulino da Silva, 22 anos, que morava na Travessa Borborema, também no Monte Santo e era usuária de crack.
Ela foi estuprada, teve o corpo esquartejado e carbonizado.
Os suspeitos foram identificados como “Zezim Pintor”, “Álisson” e “Daniela”, que também são usuários do crack.

 
O MOTIVO
“Zezim Pintor” era apaixonado por Jussara e sempre dizia que não admitiria que ela tivesse qualquer outro.
A jovem não levava isso em conta, pois não tinha nada com ele e teve um relacionamento um jovem.
Daniela e Álisson deduraram o caso a “Zezim Pintor”.
Este por sua vez não aceitou e orientou que os outros dois acusados levassem a vítima para o galpão sob a promessa de uma pedra de crack.
Chegando ao local, “Zezim Pintor” violentou Jussara.
Ela disse que o entregaria a polícia.
Se sentindo ameaçado, ele a agrediu e com a ajuda de Álisson, a matou, esquartejou e ateou fogo no corpo.

Partes do corpo foram encontrados pelo galpão e envoltos no colchão.

Fonte: Renato Diniz
http://www.renatodiniz.com/

Um comentário:

  1. Esse zezim pinto se encontra na rua joão da silva pimentel ,continua praticando crimes fazendo assaltos, arrombando lojas e ameaçando pessoas. cade a justiça de campina grande uma pessoa fez tudo isso e continua solto a aterrorizando a sociedade.

    ResponderExcluir

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.