quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Identificado responsável pelos diversos arrombamentos ocorridos na cidade de Remígio/PB. Acusado está foragido.


Agentes da Polícia Civil de Remígio diligenciaram nesta quarta-feira em busca de Everton Noberto Oliveira, mas conhecido por Galego de Neto de Antonio Noberto, de 22 anos.
Everton é acusado de diversos arrombamentos em residências e comércio na cidade de Remígio, após ser liberado da cadeia local depois de cumprir 1 ano e 9 meses de prisão. Desde que voltou as ruas Everton não perdeu tempo e já realizou diversos furtos, algumas vítimas nem ao menos procuraram a delegacia, por último antes de fugir de Remígio com destino a cidade de Barra de Santa Rosa furtou cerca de 50 conjuntos de panos de cama, avaliado em mais de R$2.000,00 de sua própria tia, ainda dentre os materias furtados existe roupas, joias, computadores, impressoras, casas de pobres, de ricos, de políticos (ex-prefeitos).

Após a sociedade começar a informar dados sobre o paradeiro de Everton a polícia Civil realizou buscas no sítio Queimadas, casa de parentes da mulher do mesmo, depois seguindo novos dados se dirigiram até a cidade de Barra de Santa Rosa, onde com o apoio da guarnição da polícia Militar da cidade tomaram ciência que Everton estava na cidade, mas se apresentando com os documentos de Emerson- Mosquito, irmão executado na cidade de Remígio devido a dívidas de drogas. Após encontrar o local onde Everton estava residindo na cidade, foi encontrado pertences furtados de sua própria tia, mas em quantidades muito inferiores aqueles furtados, além de uma impressora HP de cor Marron escura, um monitor, um roteador branco, e um estabilizador.
Segundo a guarnição local, o Everton havia sido averiguado em outra ocasião fumando crack, mais como apresentou documentos sendo de menor de idade não foi conduzido para as formalidades legais, já que a quantidade de droga em sua pose, só caracterizava como usuário.

Não foi desta vez, mas a polícia Civil de Remígio está no encalço de Everton, o qual após ser encontrado deverá prestar esclarecimentos sobre todos os furtos e dizer para quem vendeu, os quais responderão por receptação dolosa(comprar produto sabendo que é de roubo/furto).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.