quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Bandidos explodem banco em Areial/PB

Interior da agência ficou destruído com o impacto da explosão (Foto: Reprodução/TV Paraíba)Um caixa eletrônico de uma agência de um banco particular foi explodido na madrugada desta quarta-feira (24) na cidade de Areial, no Agreste paraibano. De acordo com a Polícia Militar, os assaltantes ainda teriam atirado contra estabelecimentos comerciais durante a fuga. A polícia não soube explicar se alguma quantia em dinheiro foi levada.
De acordo com a PM, a explosão aconteceu por volta das 3h30 (horário local). Os assaltantes arrombaram a porta da agência e detonaram os explosivos no caixa eletrônico. Com o impacto, o interior do prédio foi destruído e partes do caixa eletrônico foram arremessadas para o outro lado da rua. Após a explosão, os criminosos ainda chegaram atirar na porta de um comércio na rua da agência.
Partes do caixa eletrônico foram arremessados para fora da agência (Foto: Reprodução/TV Paraíba)
Partes do caixa eletrônico foram arremessadas para
fora da agência (Foto: Reprodução/TV Paraíba)
Em entrevista à TV Paraíba, o Agente de Investigação Welisson Wagner explicou como a ação foi feita, e disse que a polícia ainda não identificou quantas pessoas teriam agido no caso. “Ainda não sabemos quantas pessoas atuaram, mas foi um trabalho bastante técnico, uma vez que a estrutura do prédio não foi afetada pela explosão e não ficaram cédulas espalhadas no local. Uma perícia será feita para identificar se alguma quantia foi levada e quais os equipamentos que os assaltantes utilizaram, mas pelas marcas dos tiros, é possível que eles estivessem armados com espingardas calibre 12”, disse Welisson.
De acordo com os dados do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos Bancários, em 2014 o órgão registrou 54 explosões contra agências bancárias na Paraíba, sendo 115 ocorrências de violência contra estabelecimentos deste tipo no Estado este ano.
via G1Paraíba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.