quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Delegado da Paraíba manda recado para criminosos da cidade potiguar JAÇANÃ - RN. "Te cuida que o bicho vai pegar!"

Durante entrevista ao jornal matinal da Rádio "89 FM Cuité" o delegado da policia civil , Durval Barros, responsável pelas cidades de Nova Floresta e Cuité mandou um recado para os criminosos que saem da cidade de Jaçanã - RN para praticar crimes nas cidades Paraibanas que fazem fronteira .


Durval Barros falava sobre as ultimas prisões realizadas no município de Nova Floresta, e durante a entrevista também lamentou o fato de pessoas do próprio município estarem praticando assaltos na cidade e lembrou que alguns comerciantes foram obrigados a fechar seus estabelecimentos devido os assaltos ocorridos em Nova Floresta .

No final de seus questionamentos Durval disse , "Quero mandar um recado para os criminosos que saem de Jaçanã para praticar crimes em Nova Floresta , TE CUIDA QUE O BICHO VAI PEGAR "

Durante a entrevista o delegado elogiou o trabalho da policia Militar e disse que continuará incansável na busca da paz para sua região .

Não é de hoje que bandidos de Jaçanã com ligações com facções de Santa Cruz e Natal realizam assaltos e tráfico de drogas utilizando a cidade de Nova Floresta, como também não é a primeira vez que realizam homicídios na cidade paraibana, até o tempo atrás corpos eram desovados na fronteira com a Paraíba, ficando assim os bandidos do lado do Rio Grande do Norte livre de crimes, já que a polícia potiguar não investigava os casos.

O atual Delegado, Durval Barros, que acumula as cidades de Nova Floresta e Cuité, já comandou grupos táticos da polícia Civil e já foi Superintende de Delegacias como Campina Grande e Patos, onde lidava com bandidos grandes e não com esses moleques que estão realizando esses crimes e pensam que ficarão impunes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.