segunda-feira, 16 de março de 2015

Bandido que atropelou e matou PM no Pernambuco é encontrado morto no mesmo local do crime.


O corpo de Nelson Severino Cavalcante da Silva, 25 anos, conhecido como Nelsinho, foi encontrado sem vida, na manhã desta segunda-feira (16), em um canavial, na zona rural do município de Ferreiros.

Nelsinho estava foragido deste a noite do último sábado (14), após atropelar o SD Newton da ROCAM, que veio a óbito, na PE-082 Timbaúba / Ferreiros. A vítima foi encontrada já sem vida, com várias perfurações pelo corpo. 
Entenda o caso:
O soldado da Polícia Militar Newton Carlos de Andrade Lima, 32 anos, foi morto por atropelamento durante perseguição a um grupo de homens armados, iniciada em Timbaúba e encerrada em Ferreiros, municípios da Zona da Mata pernambucana. O homicídio aconteceu na noite de sábado (14) e o corpo do PM foi enterrado neste domingo (15), mesmo dia em que um dos suspeitos foi capturado.
De acordo com nota divulgada pela PM, o soldado fazia parte do 2º batalhão das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam) e estava em serviço com mais dois colegas. Eles tentavam prender três homens suspeitos de estarem armados, no Alto Santa Teresinha, em Timbaúba, quando teve início a perseguição.
Na fuga, ainda na saída da cidade, os criminosos se chocaram contra uma das motos dos policiais, provocando a queda de um outro soldado. Ele fraturou um punho e foi trazido para o Hospital Getúlio Vargas, no Recife, onde passa bem.
Quando já estava em área de canavial do município de Ferreiros, ainda de acordo com a nota da PM, o soldado Newton Lima alcançou o veículo dos suspeitos, mas foi atropelado por eles e ficou preso nas ferragens do carro. Ele morreu no local, com múltiplas fraturas.
A Polícia Militar informa ainda que, durante a madrugada, um homem de 22 anos foi preso no canavial onde o atropelamento aconteceu. Ele teria confessado participação no homicídio. As equipes continuam em busca dos demais suspeitos.
Foi decretado luto oficial de três dias na corporação. "A morte do policial deixa todos os PM's enlutados e irmanados com a dor e o sofrimento dos entes queridos do saudoso miliciano, que nos deixa ainda jovem e de forma trágica, covarde e prematura", diz a nota.
O soldado Newton Carlos era casado e deixa dois filhos, 2 e 4 anos. Seu corpo foi sepultado no município de Carpina, onde nasceu.

* Se as leis de hoje em dia beneficia os delinquentes então que se cumpra as leis medievais que beneficiava os sofridos.

Código de Hamurábi

Hamurábi, rei da Babilônia, no século XVIII a.C., é o autor de 282 leis, que ficaram conhecidas como Código de Hamurábi, baseadas na lei de talião, pena antiga pela qual se vingava o delito, infligindo ao delinquente o mesmo dano ou mal que ele praticava. Olho por olho, dente por dente, era a base de qualquer justiça: "Se uma pessoa arrombar uma casa alheia, deverá ser condenado à morte e ser enterrado na parte da frente do local do arrombamento". "Se alguém acusa o outro, mas não pode prová-lo, o acusador será morto"
Descoberto em 1901, pelo arqueólogo francês, Jacques de Morgan, nos arredores da antiga Susa, atual Tunísia, o Código de Hamurábi encontra-se hoje no Museu do Louvre, em Paris.

Olho por olho, dente por dente na Bíblia

A expressão olho por olho, dente por dente também se encontra na Bíblia, mais concretamente em Êxodo 21:24: "Olho por olho, dente por dente, mão por mão, pé por pé." Nesta passagem, Deus revelou a Moisés algumas leis para que ele passasse para o resto do povo. Esta lei se encaixa nas leis a respeito da violência.
fonte:http://www.significados.com.br/olho-por-olho-dente-por-dente/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.