terça-feira, 14 de abril de 2015

Policiais Civis protestarão nesta quarta-feira em Campina Grande/PB

BalloonPoliciais Civis nas categorias de Agente de Investigação e Escrivães realizarão um ato pacífico em frente a Central de Polícia de Campina Grande devido a prisão arbitrária ocorrida contra os três Agentes de Investigação que trabalhavam na cidade de Catolé do Rocha que devido a uma queixa oral, sem provas reais ou testemunhais um ex-presidiário que estava cumprindo regime aberto acusou os Agentes de Extorsão no valor de R$150.000,00.

A denúncia chega a ser tão falsa, que o mesmo que acusa os policiais de extorsão respondeu processo por Tráfico no estado do Rio Grande do Norte e na ocasião se declarou agricultor, não tendo rendimentos para seu sustento, como o mesmo teria R$150.000,00 para ser extorquido?

O caso tomou uma proporcionalidade tão grande que na época foi envolvido até o nome do Delegado Seccional daquela região, que no momento estava distante a mais de 100km do local do fato, devido a mídia que sensacionalizou o caso sem nenhuma prova, sendo o mesmo retirado do cargo de imediato, sem o ônus da dúvida.

Para se fazer um comparativo: Pessoas conhecidas como traficantes, ladrões de carga ou transeuntes NUNCA tiveram mandados de prisão expedidos por denuncias formuladas e comprovadas pelas vias legais.
Já os policiais tiveram seus pedidos de prisão aceito de imediato com apenas as declarações da suposta vítima.

Nesta quarta-feira, 15 de Abril por volta das 09:30hs o presidente da ASPOL- Associação dos Policiais Civis dará entrevista falando do caso e das arbitrariedades que vem ocorrendo neste processo.

Lamentamos o transtorno mais sem aviso prévio e sem motivo aparente o protesto que iria ocorrer nesta quarta-feira foi cancelado no último minuto. Lamentamos ter levado uma informação falsa a nossos internautas.------atualizado em 15/04/2015 as 14:00hs

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.