quinta-feira, 16 de abril de 2015

Preso Bimbinha em Remígio/PB por porte de arma de fogo o terror de Lagoa do Mato. Mas o mesmo pagou fiança e foi posto em Liberdade.

Foi preso no final da manhã desta quinta-feira, 16 de abril na cidade de Remígio, o sr. Luiz Almeida da Costa Neto, de 21 anos, natural de Alagoinhas do Piauí-Pi, mas conhecido por "Bimbinha" por posse de arma de fogo.

Luiz Almeida é o mesmo individuo que algumas semanas atrás estava aterrorizando o Colégio "Cunha Lima".

Nesta quarta-feira,15, a Polícia Civil foi comunicada por denuncia anônima de que Luiz Almeida estava morando a aproximadamente 2 meses no Distrito de Lagoa do Mato, seguindo esta denuncia foram averiguar a casa do suspeito que acabou evadindo desta correndo por dentro do Matagal. Após este fato a polícia Militar foi informada pela Delegacia sobre a suspeita de uma arma de fogo e na manhã desta quinta-feira, encontraram Luiz Almeida com a arma dentro de uma bolsa. O qual em seguida foi dado voz de prisão.
Luiz informou que comprou a arma do popular Lacerda que trabalha na prefeitura e realiza serviços de compra e venda de veículos. Segundo Luiz o mesmo pagou a Lacerda a quantia de R$1.400,00(Mil e quatrocentos reais) pelo revolver calibre .38 e cinco munições.

A autoridade policial, a Delegada Dra Socorro arbitrou fiança no valor de R$788,00, o qual o acusado pagou e foi posto em liberdade e responderá pelo artigo 12 do desarmamento( Possuir ou manter sob sua guarda arma de fogo, acessório ou munição, de uso permitido, em desacordo com determinação legal ou regulamentar, no interior de sua residência ou dependência desta, ou, ainda no seu local de trabalho, desde que seja o titular ou o responsável legal do estabelecimento ou empresa:
Pena - detenção, de 1 (um) a 3 (três) anos, e multa.).
O popular Lacerda e outro indivíduo que seria o primeiro vendedor da arma foram conduzidos até a delegacia pela PM e postos em liberdade em seguida.

www.setimaregional.com.br direto do plantão. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.