quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Morre, aos 85 anos, ex-prefeito de São Vicente do Seridó, Manoel Cordeiro

Manoel Chicó, como era mais conhecido, faleceu na noite desta terça-feira, 10, no Hospital de Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande
Foto: Arquivo da família
Manoel Cordeiro

Faleceu na noite desta terça-feira, 10, no Hospital de Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, em Campina Grande - PB, o ex-prefeito de São Vicente do Seridó, Manoel Cordeiro, aos 85 anos.


Em 1959, iniciou sua vida política, quando foi eleito vereador representando Seridó que, na época, era distrito de Soledade. Em 1961, esse distrito foi emancipado politicamente. Nesse período Manoel Chicó renunciou ao cargo de vereador em Soledade e se candidatou a prefeito pelo mais novo município, sendo eleito, aos 32 anos, como o primeiro prefeito, exercendo mandato de 1962 à 1966. Manoel Chicó voltou a governar o município, já então com nome modificado para São Vicente do Seridó, de 1969 à 1972.

No final da década de 1990, Manoel Chicó fixou residência na cidade de Cubati - PB, onde foi eleito vereador no ano 2000 e exerceu mandato por 4 anos. Voltou a concorrer ao cargo na eleição de 2008, pelo mesmo município, porém ficou na suplência. Desde então não se candidatou mais a nenhum cargo público, mas não abandonou a vida política.

Manoel Chicó, como era mais conhecido, foi o primogênito de 16 irmãos, filho de dona Severina Chicó, uma senhora lúcida, no auge dos seus 100 anos. Ele nasceu no dia 02 de junho de 1930, no município de Soledade - PB. Era comerciante de sisal (agave) e algodão. Casou-se duas vezes, teve 11 filhos na primeira família e atualmente era casado com a escrivã de Polícia Adelma, com a qual teve dois filhos

Muito caseiro e dedicado à família, gostava de visitar sua mãe aos domingos, no Sítio Lajedo Vermelho, zona rural de São Vicente do Seridó, e de ficar deitado, se balançando em uma rede.


O corpo do ex-prefeito Manoel Chicó será velado durante a manhã desta quarta feira na Câmara Municipal de Vereadores de Cubati. À tarde, o corpo será conduzido para velório na Câmara Municipal de Vereadores de São Vicente do Seridó. O sepultamento ocorrerá às 17 horas, no jazigo da Família Cordeiro, no Cemitério Público Municipal de São Vicente do Seridó, Frei Pascoal Becker.

Adaptado de São Vicente Agora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ao enviar sua denúncia especifique a sua cidade e Estado e conte detalhes do crime, caso contrário não podemos ajudar.

As denúncias não são publicadas, só os comentários sem denúncias.